Pesquisar notícia
segunda,
20 set 2021
PUB
Sociedade

VN Barquinha: Município encerra equipamentos turísticos e culturais

24/11/2020 às 11:56
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

“Num esforço conjunto de contenção da propagação do Covid-19”, o Município de Vila Nova da Barquinha, “num âmbito estritamente preventivo”, vai encerrar ao público, nos dias 28, 29 e 30 de novembro e 1, 5, 6, 7 e 8 de dezembro os seguintes equipamentos – Castelo de Almourol, Centro de Interpretação Templário de Almourol, Galeria do Parque e Posto de Turismo.
A medida da Câmara Municipal surge na sequência da renovação do Estado de Emergência, em vigor a partir das 00h00 de 24 de novembro, com as seguintes medidas a implementar no concelho de Vila Nova da Barquinha:
- Manutenção da proibição de circulação na via pública entre as 23h00 e as 5h00;
- Ação de fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório;
- Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho;
- Proibição de circulação inter-concelhia nos seguintes períodos: entre as 23h00 de 27 de novembro e as 5h00 de 2 de dezembro, entre as 23h00 de 4 de dezembro e as 5h00 de 9 de dezembro;
- Tolerância de ponto e suspensão das atividades letivas nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro;
- Manutenção dos horários dos estabelecimentos (22h00, salvo restaurantes e equipamentos culturais às 22:h30)
Em nota de imprensa, o Município alerta que “o controle da pandemia depende de todos, pelo que a autarquia reitera os conselhos para evitar os convívios, limitar os contactos ao agregado familiar, reduzir as deslocações ao essencial e cumprir a “regra dos cinco” - distanciamento físico, lavagem frequente das mãos, uso obrigatório de máscara, etiqueta respiratória e instalar a App Stayaway COVID”.
Relembra ainda “que todos devemos estar atentos e vigilantes a sintomas de alarme – tosse (que pode estar associada a dores musculares ou dores de cabeça), febre e perda ou diminuição do olfato - que possam ocorrer connosco ou com pessoas com quem nos relacionemos. Em caso de suspeita, mantenha-se em autoisolamento e ligue SNS 24 (808 24 24 24)”.
As alterações a estas medidas serão comunicadas sempre que se justifique, continuando as mesmas em permanente avaliação, em estreita colaboração com as entidades competentes.

Fotos: Pérsio Basso/CMVNB