Pesquisar notícia
sábado,
25 set 2021
PUB
Sociedade

Sardoal: Câmara inaugura Ponto JA - um espaço para acolher os jovens

26/10/2018 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Câmara Municipal de Sardoal inaugurou ontem o novo balcão Ponto JA, na Loja do Cidadão, com a presença de Vítor Pataco, presidente do Instituto do Desporto e da Juventude (IPDJ).

A nova valência, agora disponível no Espaço Empreende da Loja do Cidadão de Sardoal, é sobretudo destinada aos jovens do concelho e da região do Médio Tejo. De entre os vários serviços, o Ponto JA pretende apoiar o associativismo jovem, nomeadamente nas áreas de ocupação de tempos livres, do voluntariado, da educação não formal e da formação.

O presidente do IPDJ referiu-se ao Ponto JA como um “local multifuncional, num espaço de acolhimento do cidadão, não apenas para os jovens do Sardoal (…) mas que vai muito para além do Sardoal”.

“Nós acreditamos que a abertura deste balcão, tal como as restantes redes, é um ponto de contacto importante para os jovens e para com todos aqueles que se relacionam com os jovens. E que possam no fundo estimular a sua participação cívica, prestar e dar informação relacionada com aquilo que são os programas que o IPDJ tem responsabilidade de implementar relacionados com o âmbito do voluntariado, da produção da cidadania, dos tempos livres, da educação não formal” etc, referiu o responsável, dando conta que com a criação do Ponto JA, a tarefa do IPDJ está agora muito mais “complementada e ampliada”.

De seguida, Vítor Pataco fez referência ao Plano Nacional da Juventude dando conta que o mesmo foi aprovado recentemente em Conselho de Ministros e tem uma preocupação muito forte que é dar “robustez ao setor da juventude”.

O Plano Nacional “é uma das formas de enquadrarmos os jovens e passarmos uma mensagem clara relativamente do que são os seus direitos, aquilo que são as suas possibilidades e os caminhos que podem fazer. É precisamente prestar alguma informação e dar algum aconselhamento”, explicou Vítor Pataco. Referiu que o Plano dá oportunidade aos jovens para que usem “a sua criatividade no sentido de terem iniciativas e de terem opções de vida. É um ponto de informação, porque sem informação, não há participação”.

“Nós se não passarmos informação as pessoas ficam imóveis e não saberão o que fazer e, portanto, desse ponto de vista, o balcão Ponto JA, em certa medida corresponde a uma operacionalização e um dos objetivos do Plano Nacional da Juventude”, fez notar o presidente do IPDJ.

Vítor Pataco e Miguel Borges

Por sua vez, Miguel Borges, presidente da Câmara Municipal, congratulou-se com o facto de Sardoal ser dos poucos municípios da região a ter um Ponto JA uma que Sardoal junta-se agora a Rio Maior, Santarém e Torres Novas com a nova valência dedicada aos jovens.

Para o autarca, o novo espaço “vem complementar aquilo que é a Loja e Espaço do Cidadão que é na verdade um bom exemplo daquilo que em termos de políticas públicas é um bom uso não só dos recursos financeiros, mas também patrimoniais do Estado e do Município”.

O presidente recordou que “a determinada altura, neste concelho foi possível verificar que corríamos o riscar de ficar sem um conjunto de serviços públicos, como por exemplo as Finanças, e com a estratégia que conseguimos implementar no terreno, com o Governo, foi possível manter não só todos aqueles serviços que estavam em risco de sair do nosso concelho, como ficámos com muito mais (…) refiro a Direção Regional de Agricultura, o Gabinete de Inserção Profissional e este caso que agora é especificamente para os nossos jovens”.

Miguel Borges deixou o desafio aos dirigentes juvenis para que passem pelo Ponto JA, salientando que o espaço é “um bom exemplo” daquilo que é uma aposta no interior do país. 

“Este espaço é uma forma de acarinhar os jovens também neste território que é do interior, mas que não é um território inferior (…) mas para que interioridade não seja sinónimo de inferioridade, também temos de fazer por isso. Temos de lutar e contrariar aquilo que é uma tendência de um país inclinado para o litoral”, finalizou.

Na cerimónia de hoje para além do executivo camarário e demais convidados, marcou presença Eduarda Marques, Diretora Regional de Lisboa e Vale do Tejo do IPDJ.

A Rede Ponto JA são espaços públicos que disponibilizam informações e serviços de interesse para a juventude. Funcionam numa lógica multicanal assente na oferta de valências como o Portal da Juventude e a Linha da Juventude. O espaço em Sardoal terá o mesmo horário que a Loja do Cidadão das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 16h30.

 

Notícia relacionada:

 https://www.antenalivre.pt/noticias/sardoal-ponto-ja-e-a-nova-valencia-da-loja-do-cidadao