Pesquisar notícia
terça,
28 set 2021
PUB
Sociedade

Covid-19: Porto de Mós prepara plano de contingência

2/03/2020 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Câmara Municipal de Porto de Mós, no distrito de Leiria, anunciou hoje que está a elaborar um plano de contingência para os serviços municipais para o surto de Covid-19, tanto na perspetiva da prevenção, como no caso de surgirem casos de infeção.

Numa nota divulgada pela autarquia é especificado que o plano terá duas abordagens, uma no sentido da sensibilização e outra de reorganização dos serviços no caso de haver funcionários municipais contaminados pelo Covid-19.

O plano está a ser desenvolvido em colaboração com a Unidade de Saúde Pública de Porto de Mós e será acionada “no imediato” no quadro da sensibilização. A vertente de reorganização dos serviços só será ativada caso surjam casos de infeção que obriguem o município a adaptação do funcionamento interno.

O município de Porto de Mós defende que, “apesar de não existirem razões para alarmismo”, é “importante ter informação adequada sobre os procedimentos a adotar em caso de surto”, justificando por isso o plano em elaboração.

Segundo a autarquia, estão a ser calendarizadas ações de sensibilização e de informação para os funcionários e, nos espaços públicos, vão ser colocados gel antissético, folhetos informativos e outros equipamentos de proteção individual.

Em Portugal, foi hoje confirmado um infetado e um outro caso que aguarda uma contraprova através de análise do Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge (INSA), adiantou a ministra da Saúde, Marta Temido, numa sessão de esclarecimentos para atualização de informação relativa à infeção pelo novo coronavírus (Covid-19).

O caso confirmado é o de um homem de 60 anos, que está internado no Centro Hospitalar de São João, que reportou os primeiros sintomas no dia 26 de fevereiro.

O outro homem, de 33 anos, que aguarda a contra-análise, reportou os primeiros sintomas no dia 29 de fevereiro, disse a ministra, adiantando que os dois homens, que estão internados no Porto, estão em boa condição de saúde e estiveram em Itália e em Espanha.

 

Lusa