COVID-19: Médio Tejo passa a nove casos com mais dois em Tomar (C/ÁUDIO)

Sociedade 2020-03-23

O Médio Tejo passou nesta segunda-feira, dia 23 de março, a ter nove casos positivos da Doença COVID-19. Os testes que foram feitos nesta área revelaram mais duas pessoas infetadas no concelho de Tomar. Os outros casos que estavam a aguardar análises foram negativos. Recorde-se que o ACES Médio Tejo engloba os concelhos de Abrantes; Alcanena; Constância; Entroncamento; Ourém; Ferreira do Zêzere; Mação; Sardoal; Torres Novas; Tomar e Vila Nova da Barquinha.

Maria dos Anjos Esperança, coordenadora da unidade de Saúde Pública, confirmou que há estes dois casos. Quanto a informações que correm nas redes sociais de novos casos reportados em Abrantes e Torres Novas, Maria dos Anjos Esperança revela que não ter conhecimento de nenhum caso reportado em Torres Novas e em relação a Abrantes há apenas a registar o caso de ontem, domingo. Trata-se de um homem de 74 anos de idade que está internado no Hospital desta cidade.

Maria dos Anjos Esperança mostrou-se satisfeita por os habitantes da região estarem a perceber que têm de ficar em casa, que têm de estar recolhidos para travar a proliferação do coronavírus, mesmo com algumas exceções. Ainda assim a delegada de Saúde Pública deixou o apelo aos jovens que porventura ainda procuram locais de venda de bebida para fora, uma vez que é proibido o consumo na rua, que estejam recatados, pois só assim se conseguirá chegar a bom porto. E deixou a ideia clara que as pessoas não devem entrar em alarmismos, mas devem “ter muita atenção a tudo o que se está a viver” e acatar todas as indicações que são dadas pelas autoridades.

Maria dos Anjos Esperança com o relatório do Médio Tejo

Assim, e às 17:30 desta segunda-feira o Médio Tejo tinha nove casos confirmados: três em Tomar, dois em Ourém e um em Alcanena, Constância, Barquinha e Abrantes. Todos os contactos destes doentes infetados estão a ser monitorizados e acompanhados pela unidade de Saúde Pública do Médio Tejo.

Ainda no distrito de Santarém, o Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria aguarda a chegada de equipamento de proteção individual e testes da covid-19 para abrir áreas de triagem desta doença em Santarém, Rio Maior, Almeirim, Cartaxo e Coruche, disse hoje o seu responsável.

Carlos Ferreira, diretor-executivo do ACES Lezíria – que abrange os concelhos de Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém, num total de cerca de 200.000 utentes -, disse à Lusa que espera ter as cinco Áreas de Triagem da Covid (ADC) a funcionar nos próximos dias.