Pesquisar notícia
quarta,
29 set 2021
PUB
Sociedade

Covid-19: Mais de 70% dos concelhos portugueses em risco extremo

8/02/2021 às 15:50
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Mais de 70% dos 308 concelhos portugueses estão em risco extremo devido ao número de casos de covid-19, tendo registado uma taxa de incidência acumulada superior a 960 por 100 mil habitantes, entre 20 de janeiro e 02 de fevereiro, segundo dados oficiais.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) hoje divulgado, estão neste patamar 219 dos 308 concelhos portugueses (71,1%), ou seja, menos 15 em relação à análise divulgada a 25 de janeiro.

Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa "corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada”.

Apenas 89 concelhos de um total de 308 não estão em risco extremo.

Com zero casos de infeção os dados dão conta de apenas um concelho: Velas, nos Açores.

Os municípios de Castelo de Vide (6.680), Penedono (5.289), Aguiar da Beira (4.751) e Almeida (4.254) são os concelhos com maior incidência acumulada.

Portugal registou hoje 196 mortes relacionadas com a covid-19 e 2.505 casos de infeção com o novo coronavirus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim da DGS revela também que estão internadas 6.344 pessoas, mais 96 do que no domingo, das quais 877 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, mais 12.

Desde o dia 28 de dezembro que Portugal não registava um número de novos casos tão baixo, quando o país teve 2.093 novas infeções diárias, também uma segunda-feira, dia em que habitualmente os valores são mais reduzidos.

Os dados de hoje revelam ainda que 6.755 pessoas foram dadas como recuperadas, fazendo subir para 612.921 o número de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

Há oito dias consecutivos que o número de recuperados supera o de novas infeções.

Lusa