Pesquisar notícia
terça,
21 set 2021
PUB
Sociedade

Covid-19: Centros comerciais, retalho e restauração garantem ter condições para reabrir dia 19

14/04/2021 às 17:10
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

As associações de empresas de distribuição, centros comerciais e da hotelaria e restauração garantiram hoje que os centros comerciais reúnem todas as condições para reabrir no dia 19, com condições de higiene que salvaguardam a saúde pública.

“A Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), a Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC) e a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) garantem que os centros comerciais reúnem todas as condições para a reabertura no próximo dia 19 de abril, assegurando as condições de higiene para a salvaguarda da saúde pública e a segurança dos seus clientes, fornecedores e trabalhadores”, lê-se num comunicado conjunto enviado pelas associações.

Segundo aquelas associações, foi feito um esforço acrescido na formação e testagem de colaboradores, bem como um reforço dos equipamentos de proteção individual e barreiras de proteção.

“Os operadores dos centros comerciais reforçaram ainda mais as exigentes regras sanitárias com o objetivo de responder à expectável afluência de consumidores, depois de um longo período encerrados”, referem, reiterando que aqueles espaços são “seguros” e “merecem a confiança dos consumidores”.

As lojas dos centros comerciais voltaram a fechar em janeiro, quando foi decretado o segundo confinamento, para fazer face à propagação de covid-19.

Segundo o plano de desconfinamento gradual que o Governo preparou, está previsto que os centros comerciais reabram no dia 19 de abril, porém, a decisão final só será tomada na reunião do Conselho de Ministros de quinta-feira.

“A experiência adquirida com a reabertura anterior alicerçada nos ‘Guias de Boas Práticas’ agora revistos e validados pela Direção Geral de Saúde, mostra bem a forma responsável, exigente e rigorosa como a segurança e higiene pública são encaradas pela AHRESP, pela APED e pela APCC”, apontam ainda as associações.

Na sua ótica, “o conhecimento técnico partilhado entre as três associações contribuirá para que as empresas que funcionam nos centros comerciais iniciem esta nova fase de desconfinamento da melhor forma, garantindo a segurança de todos”.

Lusa