Pesquisar notícia
domingo,
19 set 2021
PUB
Sociedade

Alferrarede: Vereador (BE) preocupado com assaltos. PSP assegura que situações estão identificadas

25/01/2019 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Armindo Silveira, vereador do BE, mostrou-se hoje preocupado com um conjunto de assaltos a estabelecimentos que refere terem acontecido, nas últimas semanas, em Alferrarede e num espaço comercial em Abrantes.

Na reunião de Câmara, o vereador bloquista enumerou alguns locais que tinham sido alvo “de furtos” e vincou que a “PSP já tinha conhecimento do assunto”. Disse ainda que “quem anda na rua a partir de uma certa hora, começa a sentir um sentimento de insegurança”.

Em resposta, Maria do Céu Albuquerque, enquanto presidente da Câmara Municipal e do Conselho Municipal de Segurança, disse não ter “conhecimento efetivo dessas matérias que o senhor trouxe. E reitero que sejamos cautelosos uma vez que o que vier a ser transmitido para a opinião pública pode aumentar um sentimento de insegurança e isso não é bom para o nosso município, nem para os nossos cidadãos”.

 “O pior que pode acontecer é generalizarmos um sentimento de insegurança, tendo por base pequenos incidentes que vemos acontecer”, vincou.

A presidente recordou que em 2010/2011 foi apresentada uma proposta de Contrato Local de Segurança. “Na altura, o Governo em exercício, no final de funções, já não assinou connosco esse compromisso e deixou tudo preparado para que o Governo seguinte o fizesse”.

“Entretanto, o que temos vindo a trabalhar com o Governo é no sentido de pegarmos na nossa proposta e adaptarmos à nova realidade local para que este Contrato possa corresponder a um sentimento de segurança por parte dos nossos cidadãos e que minimize qualquer efeito como situações como estas, que são pontuais”, fez notar a autarca.

Contactado pela Antena Livre o comandante Daniel Marques, comissário da PSP de Abrantes, confirmou que “a Polícia de Segurança Pública, desde o início do ano, contabilizou quatro ocorrências de furto no interior de estabelecimentos na zona de Alferrarede”.

“Tratam-se de pequenos furtos de bens de consumo aos quais estamos atentos e a desenvolver as necessárias investigações com vista a poder levar os autores dos delitos à justiça, tal como já aconteceu no passado”, referiu o comandante.

Mais avançou tratarem-se de “situações pontuais que em nada alteram o baixo índice de criminalidade que atualmente se verifica e que não devem afetar o sentimento de segurança das pessoas".

“Desde 14 de janeiro, que o patrulhamento em Alferrarede foi intensificado e orientado para este tipo de ocorrências”, rematou.