Alferrarede: Morreu Manuel Martinho

2020-09-21

Não foi hoje que Abrantes ficou mais pobre, mas quando Manuel Martinho ficou incapacitado de exercer a sua intervenção cívica. Era um cidadão comprometido com a sua terra, Alferrarede antes de mais, depois Abrantes, e o país.

Era conhecido como fotógrafo, atividade em que produziu abundante documentação sobre as terras que amava. Em Novembro de 1995, fundou e passou a animar o Jornal de Alferrarede, em cujas páginas fez verdadeira intervenção social. Não era dotado de uma técnica superior de jornalismo, mas tinha valores firmes e, dele “sabia-se com o que se podia contar”: dizer o que tinha a dizer, em defesa do que sentia ser o interesse da sua terra.

Já há uns tempos, a falta grave de saúde tinha-o retirado da vida ativa. Hoje, retirou-o de entre nós. Deixa-nos a memória de ter feito por nós tudo o que podia e sabia. Obrigado!

José A. Jana

(As cerimónias fúnebres realizar-se-ão pelas 12 horas de dia 22 de setembro, no cemitério de Alferrarede)