Pesquisar notícia
domingo,
19 set 2021
PUB
Sociedade

Abrantes: Suspeitos de agressões e tentativa de atropelamento já estão identificados

23/10/2018 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Comando Distrital de Polícia de Santarém emitiu um comunicado onde dá conta de duas situações ocorridas em Abrantes nos últimos dias.

Na madrugada do passado sábado, dia 20 de outubro, pelas 04H00, junto a um estabelecimento de diversão noturna na cidade, ocorreu uma desordem “entre alguns jovens abrantinos e um grupo de militares, de onde resultou um ferido grave, um jovem militar de 19 anos de idade”, confirmou o comandante da PSP de Abrantes, Daniel Marques. O jovem agredido foi transportado para hospital de Abrantes e posteriormente transferido para Lisboa.

O suspeito da agressão “já se encontra identificado, é um abrantino de 25 anos de idade e ao qual foi apreendido o objeto utilizado na agressão”. Trata-se de um bastão, em metal, que foi apreendido e junto ao processo.

Daniel Marques explicou que “o processo encontra-se em investigação na PSP de Abrantes, sob tutela do Ministério Público”.

O suspeito da agressão já é conhecido das autoridades “por prática deste tipo de ilícitos e que mais uma vez será levado à justiça”. No entanto, a Antena Livre sabe que, neste caso, as autoridades pouco podem fazer visto tratar-se de um indivíduo considerado inimputável, ou seja, alguém que não pode ser responsabilizado por um facto punível, por se considerar não ter as faculdades mentais e a liberdade necessárias para avaliar o ato quando o praticou.

Já na madrugada de domingo, 21 de outubro, no Parque Urbano de S. Lourenço, decorreu uma festa “que teve acompanhamento da PSP”. “Sem ter ligação direta com a festa, registou-se uma contenda entre dois cidadãos na zona do parque de estacionamento, onde um agrediu o outro. Também neste caso o agressor está identificado e foi-lhe apreendido o objeto com o qual praticou a agressão”, confirmou Daniel Marques.

O comandante da PSP de Abrantes adiantou que esta “foi uma situação isolada, não ocorreu dentro do espaço da festa até porque, como referi, esta teve acompanhamento policial”.

Entretanto, na segunda-feira, 22 de outubro, pelas 10H30, e em pleno centro histórico da cidade de Abrantes, “foi detetada uma viatura cujo condutor já estava referenciado por não possuir habilitação legal" para conduzir, explicou o comandante.

Foi-lhe dada ordem de paragem à qual o condutor não respeitou. Tentou efetuar uma fuga com uma manobra de marcha atrás e abalroou uma outra viatura civil com o condutor no seu interior”. O condutor investiu depois contra o agente da PSP que lhe tinha dado a ordem de paragem, tentando o atropelamento. “O agente teve a necessidade de utilizar a arma de serviço que lhe está distribuída e efetuou dois disparos, um deles atingindo um dos pneus da viatura”, confirmou Daniel Marques.

Ainda assim, o condutor foi bem sucedido “tendo abandonado posteriormente a viatura que conduzia e se colocado em fuga”. A PSP já apreendeu o veículo e, relativamente ao condutor, trata-se de “um indivíduo que também já está identificado e cujo processo já se encontra igualmente a decorrer”.