Pesquisar notícia
sábado,
25 set 2021
PUB
Sociedade

Abrantes: Festival de Filosofia só regressa em 2020

12/11/2019 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O ano de 2019 não vai ter Festival de Filosofia em Abrantes. A Câmara Municipal e o Clube de Filosofia estão a trabalhar para levar a efeito a edição de 2020.

 

Na reunião do Executivo da Câmara Municipal de Abrantes, realizada esta terça-feira, 12 de novembro, o presidente Manuel Jorge Valamatos anunciou que, após ter reunido com o Clube de Filosofia de Abrantes, “entendemos, em conjunto, que este ano vamos fazer a atribuição de uns prémios de anos anteriores para fechar este processo”.

O presidente disse entender que o Festival de Filosofia “é um evento de grande importância, que foi relevante” e que “teve a sua expressão de forma muito intensa nas duas primeiras edições”.

“Este ano, com a equipa do Clube de Filosofia, estamos a começar a trabalhar para que em 2020 possamos retomar o Festival com determinação e com a grandeza que ele merece. Entendemos que é um evento com muito potencial e queremos que ele possa vir, gradualmente, a aumentá-lo”, anunciou o autarca.

O vereador do Bloco de Esquerda questionou o porquê da não realização do Festival de Filosofia e lembrou que “é um Festival que demora algum tempo a programar” e que “possivelmente, já haveria contactos feitos”. Armindo Silveira referiu que “as duas edições anteriores tiveram a presença de figuras nacionais e, inclusivamente, o Alto Patrocínio do senhor Presidente da República. Tiveram oradores convidados do Brasil, de Espanha, França e outros países e foram objeto de referência nos meios de comunicação social genérica e especializada”.

O vereador não quis utilizar a palavra “pena” mas lá disse que “foi com alguma surpresa que eu tive conhecimento, pelas redes sociais, que este ano, possivelmente, não se iria realizar. A confirmação foi dada agora pelo senhor presidente da Câmara”.

Armindo Silveira referiu que “era um Festival que abrangia três Municípios” e disse que “gostava de saber o que falhou nesta organização” e “como é que isto acabou assim, de um dia para o outro”.

Manuel Jorge Valamatos respondeu a Armindo Silveira, dizendo que o Festival “não acabou, muito pelo contrário. Fizemos duas edições e em 2020 pretendemos fazer a terceira edição de forma mais consolidada e determinada”.

O presidente reconheceu que “já houve eventos a que nós não demos continuidade e não continuámos a apostar” mas que o Festival de Filosofia “é um evento que consideramos muito relevante e de muito interesse”.

À margem da reunião de Câmara, em declarações à comunicação social, o presidente da Autarquia explicou a situação da não realização do Festival de Filosofia este ano mas acrescentou que perceberam “que é um evento que temos que manter e que temos que reforçar”.

Manuel Jorge Valamatos adiantou depois que “neste momento, com o Clube de Filosofia, estamos a preparar estrategicamente a ação para que em 2020 consigamos fazer a sua terceira edição” e lembrou que nunca esteve estipulado que o Festival de Filosofia iria ter uma realização anual.