Pesquisar notícia
sexta,
24 set 2021
PUB
Sociedade

Abrantes: Antigo posto da GNR em Barreiras do Tejo promove Nacional 2 (C/ÁUDIO)

17/09/2020 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A estrutura pertence à Infraestruturas de Portugal, mas foi a União das Freguesias de Abrantes e Alferrarede que avançou para uma requalificação visual do espaço e que a divulgou nas redes sociais. Uma pintura e o arranjo da zona envolvente ao edifício onde durante muitos anos funcionou o posto da GNR e onde estava instalada uma balança para controlar o peso das cargas dos veículos pesados. Este espaço está há muitos anos sem qualquer utilização por parte da Infraestruturas de Portugal e começava a apresentar alguns sinais de degradação.

O espaço envolvente ao pequeno edifício contempla ainda uma zona de estar com uns bancos, alegretes e um bebedouro que agora foram alvo de requalificação.

Bruno Tomás, presidente da União de Freguesias diz que a propriedade da estrutura nunca foi uma preocupação porque Estado são todas as instituições que dele fazem parte, seja o poder central ou o poder local. E adiantou que esta requalificação vem no seguimento do trabalho que tem vindo a ser feito nos espaços públicos e nos fontanários.

Aliás, de acordo com o autarca há naquela zona de estar um marco de água que está “seco”, mas que a junta de freguesia quer ter ligado para que os turistas ou todas as pessoas que circulam pela Nacional 2 possam utilizar. “Vou ainda hoje [quinta-feira] pedir aos Serviços Municipalizados de Abrantes a ligação da água da rede pública”, indicou o presidente da União de Freguesias.

Bruno Tomás destacou a importância crescente da Estrada Nacional 2 no turismo e aquele local “é uma das entradas da cidade” pelo que pode funcionar como atrativo para quem percorre a mítica estrada que liga Chaves a Faro.

 

Bruno Tomás, presidente da União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede

Questionado sobre um eventual congestionamento de trânsito junto ao “posto da guarda de Barreiras do Tejo” para as célebres fotografias da Nacional 2 o autarca revela alguma preocupação, mas espera o bom senso dos automobilistas e motociclistas que percorrem a estrada porque “vêm desfrutar a mesma e não andam a fazer uma corrida”. Mas concorda que pode haver ali mais “trânsito a entrar e sair” da Nacional 2 para registar essa passagem em Abrantes.