Pesquisar notícia
terça,
21 set 2021
PUB
Sociedade

Antena Livre: 40 anos sem festa mas com casa nova

13/02/2021 às 10:43
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

2021 seria o ano de muitas comemorações e de muito trabalho a pensar no futuro. Seria a comemoração dos 40 anos do arranque das emissões regulares da RAL – Rádio Antena Livre associado a um conjunto de investimentos e novidades no grupo Media On. Mas a pandemia deixou de lado uma parte daquilo que estava já planeado para este ano.

Assim sendo, com qualquer comemoração completamente colocada na gaveta do stand by, a empresa Media On virou-se, num objetivo empresarial sem precedentes, para a criação de melhores condições.
Desde logo, processo que já se iniciou, a mudança do centro emissor. Desde sempre que o emissor e antenas da Antena Livre estiveram instaladas no antigo quartel dos bombeiros e torre de comunicações adjacentes. Para o final de 2020 e início de 2021, a empresa proprietária da torre (a operadora NOS) resolveu mudar a sua localização. E com esta mudança viria o desmantelamento daquela estrutura metálica. Isso obrigou os serviços técnicos da Media On a preceder a uma reestruturação e à relocalização do centro emissor.

Testes em 96.7fm
Desde a legalização das rádios locais que as frequências atribuídas ao concelho de Abrantes foram o 93 e o 96.7. De início, a RAL ficou com o 93 e a Tágide com o 96.7 que, curiosamente, era a frequência da RAL antes do encerramento para a legalização. Aliás, a RAL começou em 101fm, tendo depois passado para o 96.7.
Em 1990 a RAL, depois de muitos testes, fez o pedido de alteração da frequência que lhe tinha atribuída para o 89.7fm.
Há uns anos que na Antena Livre se pensa em mudar desta frequência porque há a noção de que a mesma tem algumas obstruções e que, por isso, não pode a estação chegar a todos os cantos do concelho e dos concelhos limítrofes nas melhores condições para o ouvinte.
Nesse sentido, a empresa detentora da estação iniciou um processo no sentido de apurar uma frequência que pudesse ultrapassar as limitações encontradas. E ao verificar a disponibilidade do 96.7fm, que era da Rádio Tágide que fechou em 2014, avançou-se para o respetivo licenciamento.
E neste início dos 40 anos de vida este é um processo que está em curso, os testes em 96.7 fm que, crê a direção da estação, possa vir a ser, em breve, a nova frequência da Antena Livre.

Novo site nos 40 anos da rádio
A aposta no digital tem sido também uma das áreas em que a Media On tem apostado.
Primeiro com o Jornal de Abrantes (jornaldeabrantes.pt) através de uma parceria com o portal Sapo, nomeadamente com a inclusão de notícias do Jornal de Abrantes nesta página chamada Sapo Voz e que coloca na plataforma notícias de jornais regionais.
Esta parceria levou a uma reformulação profunda dos sites do Jornal de Abrantes, em primeiro lugar, e no da Antena Livre. Sendo que o novo site do Jornal de Abrantes está quase concluído e deverá ser apresentado muito em breve, o da Antena Livre (antenalivre.pt) está em avançado estado de produção. Deverá ser apresentado também no primeiro semestre deste ano.
Alterações no mundo digital que deverão melhorar o acesso do mundo aos conteúdos produzidos pelas marcas da Media On.
De referir, neste campo, que o site da Rádio Tágide (radiotagide.pt) foi mesmo o primeiro a mostrar os ajustes gráficos que têm estado a ser trabalhados no seio das marcas do grupo de comunicação.
Também neste 2021, quando se comemoram os 40 anos da rádio, haverá novidades.

O regresso da rádio ao Centro de Abrantes
A história da Rádio em Abrantes perdurará com o início, no tempo dos “piratas” e das “ilegalidades”, no Convento de S. Domingos, em S. Miguel do Rio Torto ou em Mouriscas. Mas é na aldeia de Arreciadas que está a base histórica da RAL. Foi ali, numa garagem, que nasceram os primeiros estúdios, a sério, da rádio. Dois estúdios com duas áreas de régie, uma sala de discos e uma de escrever notícias.
Em 1990, depois da legalização, a rádio muda-se para a Rua Manuel Constâncio, n.º12, paredes meias com a barbearia, com a peixaria, próximo da antiga Galeria Municipal ou da Câmara Municipal.
Em 1997/98 a rádio volta a mudar para a rua General Humberto Delgado, para instalações construídas de raiz. Local onde ainda se encontra.
2021 e os 40 anos vão trazer novidades. A rádio voltará ao centro de Abrantes, mais propriamente ao edifício conhecido como “Condorset”. Trata-se de um edifício, como se pode ver na fotografia, que tem estado a ser recuperado e a Antena Livre vai ocupar todo o segundo piso.
As obras de remodelação do espaço interior estão a avançar a bom ritmo e, crê a administração da Media On, que poderá ainda no primeiro semestre deste ano, ou no início do segundo, proceder a esta mudança.
Com a perspetiva de que a mudança está para breve, a empresa detentora da Antena Livre preparou um plano de investimento tecnológico no sentido de dotar a rádio de melhores condições em termos técnicos. Haverá novidades desde a área informática, passando pelo áudio e pelo centro emissor. Ou seja, mesmo sem “festa”, o plano de reconversão tecnológica da Media On está em curso e a andar a passos largos.
Nesse sentido, poderemos afirmar que no ano em que comemora os 40 anos do início das emissões regulares, a Antena Livre vai ter casa nova e vida nova, devendo haver também, como é natural, alguns ajustes à grelha de programação.
Não se realizou, em 2020, a Gala Antena Livre/Jornal de Abrantes, não se sabe ainda se haverá em 2021, mas sabe-se que a equipa continua com a “tentação de fazer” para que você, desse lado, tenha “o prazer de escutar” a rádio de Abrantes, a Antena Livre.

 

* Notícia publicada originalmente a 2-2-2021 e repartilhada no âmbito do Dia Mundial da Rádio