Rossio ao Sul do Tejo: Unidade de Saúde Familiar entra em funcionamento esta sexta-feira

Saúde 2019-01-25

A Unidade de Saúde Familiar (USF) de Rossio ao Sul do Tejo vai abrir e entrar em funcionamento no próximo dia 1 de fevereiro, disse hoje Maria do Céu Albuquerque, presidente da Câmara Municipal de Abrantes, na reunião do executivo camarário.

A autarca abrantina confirmou que já há uma equipa constituída com enfermeiros, administrativos e três médicos, “um número mínimo para a criação da USF, que contamos que no curto espaço de tempo possa ser aprovado pela Administração Central”.

A nova USF representou um investimento de cerca de 307 mil euros, acrescido IVA à taxa legal em vigor.

A construção deste equipamento de saúde, com capacidade para 5.000 utentes, foi realizada pela Câmara Municipal de Abrantes em colaboração com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I.P. (ARSLVT), com financiamento dos investimentos territoriais integrados (ITI).

À margem da reunião, Maria do Céu Albuquerque explicou à Antena Livre que foi entendimento da Câmara apostar na construção de novas USF`s para atrair “mais profissionais, nomeadamente, médicos”.

Para a construção da USF de Rossio ao Sul do Tejo foi também “necessário identificar um número de utentes suficiente e esse número vai implicar não só a população de Rossio, mas de outras populações”, salientou.

Assim, em colaboração com o ACES do Médio Tejo e com os profissionais de saúde, o Município quer “garantir que nos locais onde existem extensões de saúde, como é caso de Tramagal, Bemposta, Alvega, etc, o serviço possa contar com os profissionais que vão integrar a nova USF”.

Por outro lado, através do Transporte a Pedido, o Município quer assegurar que os utentes possam ser transportados para as extensões das suas localidades e nos dias em que não há atendimento nos locais, estes utentes possam recorrer à USF de Rossio ao Sul do Tejo.

A USF de Rossio ao Sul do Tejo é constituída por antecâmara, sala de espera, sala de espera infantil, instalações sanitárias para utentes e para funcionários, salas para tratamentos, gabinete de enfermagem, gabinetes de consulta, receção/secretaria/arquivo, sala de delegado de informação médica, sala de reuniões/sala de pausa, apoio informático, depósito de material de consumo, depósito de material terapêutico, depósito de lixo, áreas técnicas, pátio para utentes, pátios e acesso de utentes.

Em comunicado, o ACES do Médio Tejo, informa os utentes que para que se possa efetuar a mudança dos cuidados de saúde primários para a Unidade de Saúde do Rossio ao Sul do Tejo, “será necessário encerrar as atuais instalações de 24 a 31 de janeiro de 2019”.

Mais informa que “de 24 a 29 de janeiro, e em caso de necessidade de cuidados médicos ou de enfermagem, [os utentes] devem dirigir-se à sede do Centro de Saúde de Abrantes (UCSP Abrantes). Nos dias 30 e 31 de janeiro, e em caso de necessidade de cuidados médicos ou de enfermagem, devem dirigir-se à Unidade de Saúde de Alferrarede. A partir do dia 1 de fevereiro já se poderão dirigir às novas instalações”.

 

USF ainda obra