Pesquisar notícia
terça,
15 jun 2021
Saúde

Covid-19: Portugal com uma morte e 158 novos casos nas últimas 24 horas

10/05/2021 às 14:34
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Portugal registou hoje uma morte atribuída à covid-19, 158 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, um aumento nos internamentos em enfermaria e uma redução nos cuidados intensivos, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim epidemiológico da DGS, estão hoje internados em cuidados intensivos 73 doentes, menos um em relação a domingo.

Já no que se refere aos internamentos em enfermaria, os dados oficiais indicam que estão hoje internados 277 doentes, mais nove.

Desde o início da pandemia Portugal já contabilizou 839.740 casos confirmados e 16.993 óbitos.

 

Índice de transmissibilidade (Rt) estabiliza, incidência com nova descida em Portugal

O índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-Cov-2 em Portugal mantém-se hoje nos 0,92, enquanto a incidência de casos de infeção por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias desceu para 53,8.

Os números anteriores destes indicadores, divulgados na sexta-feira, indicavam um Rt de 0,92 e uma incidência de 57,7 casos por 100.000 habitantes

No boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) divulgado hoje, os números relativos apenas a Portugal continental revelam que o Rt desceu de 0,92 para 0,91, sendo ainda registada uma descida de 55,4 para 51,4 em relação ao valor médio de novos casos de infeção por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias.

Estes indicadores – o índice de transmissibilidade do vírus e a taxa de incidência de novos casos de covid-19 – são os dois critérios definidos pelo Governo para a avaliação continua que está a ser feita do processo de desconfinamento iniciado a 15 de março.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.294.812 mortos no mundo, resultantes de mais de 158,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

C/ Lusa e DGS