Covid-19: Estudo para monitorizar imunidade na população portuguesa já começou

2020-05-13

O primeiro estudo para monitorizar a evolução da imunidade contra o novo coronavírus na população portuguesa "já está no terreno" e envolve 17 hospitais e 105 postos de colheita, revelou hoje o secretário de Estado da Saúde.

Trata-se do "primeiro estudo transversal" de covid-19 promovido pelo Instituto Nacional de Saúde - Dr. Ricardo Jorge (INSA) e "visa monitorizar a evolução da imunidade contra o novo coronavírus na população portuguesa", explicou António Lacerda Sales, no Ministério da Saúde, em Lisboa, na conferência de imprensa diária de atualização de informação sobre a pandemia de covid-19.

Segundo o secretário de Estado, para a realização do estudo, que "está já no terreno", foram já contactados todos os 17 hospitais da rede nacional de hospitais, incluindo os das regiões autónomas da Madeira e dos Açores, e os 105 postos de colheita de análises clínicas em todo o território nacional.

"Os materiais para as colheitas de sangue e os questionários para a recolha de dados serão entregues nos locais até ao início da próxima semana" e depois terá início "a fase de recolha de amostras de sangue e dados", disse António Lacerda Sales.

Todas as análises de sangue para a determinação de anticorpos e a análise de dados serão realizadas pelo Departamento de Epidemiologia e Doenças Infecciosas do INSA, adiantou.

O inquérito serológico nacional é promovido pelo INSA em articulação com a Direção-Geral da Saúde (DGS) e conta com a parceria da Associação Nacional de Laboratórios Clínicos, dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde e das regiões autónomas.

Portugal contabiliza 1.175 mortos associados à covid-19 em 28.132 casos confirmados de infeção, segundo o boletim da DGS sobre a pandemia divulgado hoje.

Relativamente ao dia anterior, há mais 12 mortos (+1,%) e mais 219 casos de infeção (+0,8%).

Das pessoas infetadas, 692 estão hospitalizadas, das quais 103 em unidades de cuidados intensivos, e o número de casos recuperados é de 3.182.

Lusa