ACES Médio Tejo divulga conselhos por causa do coronavírus

Saúde 2020-01-31

A Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo avançou esta sexta-feira, dia 31 de janeiro, com a divulgação de um conjunto de medidas preventivas face à proliferação do coronavírus e aos alertas da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Segundo comunicado da Direção-Geral de Saúde de 30 de janeiro, apenas 10 casos tinham sido confirmados na Europa.

Desta forma a Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo revela que o coronavírus “causa sinais e sintomas semelhantes ao da síndrome gripal, febre, tosse e dificuldade respiratória, podendo evoluir para uma situação de pneumonia ou outras condições mais graves”.

Apesar de ainda não estar absolutamente averiguada a causa da transmissão, sabe-se que o coronavírus causa o contágio por “via aérea e pessoa a pessoa”.

Desta forma a Saúde Pública aconselha as medidas de higiene, etiqueta respiratória e de segurança alimentar como as principais medidas de prevenção para minimizar os riscos de transmissão e exposição à doença.

Assim, os cidadãos deverão adotar as seguintes medidas preventivas:

Lavar frequentemente as mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes;

Evitar contato próximo com doentes com infeções respiratórias;

Evitar contato desprotegido com animais selvagens ou de quinta;

Adotar medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos; deitar o lenço de papel no lixo);

Lavar as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir.

 

Por outro lado as autoridades alertas que em caso de dúvida ou suspeita deverá ser contactada a linha SNS 24 - 808 24 24 24 antes de se dirigir a qualquer unidade de saúde.