Nasceu o primeiro bebé na maternidade transferida para Torres Novas

Covid-19 2020-03-26
Créditos : CHMT
Créditos : CHMT

A mudança da maternidade da unidade de Abrantes para a de Torres Novas no Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) está a acontecer esta semana. Em comunicado o CHMT revela que o “serviço de Ginecologia/Obstetrícia está a funcionar, como previsto no âmbito da atual Pandemia pelo Novo Coronavírus, SARS-Cov 2, e integrado no Plano de Contingência do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, desde as 9h00 desta manhã, na Unidade Hospitalar de Torres Novas”.

E foi precisamente esta manhã, 26 de março, que pouco depois das 10:00 nasceu o primeiro bebé em Torres Novas, o Dinis.

Ana Isabel João, mãe do Dinis e da Matilde, que tem 3 anos, estava, naturalmente, muito feliz com o nascimento do seu segundo filho. Também por ser o primeiro bebé a nascer na Unidade Hospitalar de Torres Novas. “Vivo cá há dez anos, mas toda a família do pai é torrejana de gema. E sim, estou muito contente por ser o primeiro bebé a nascer, tantos anos depois, aqui”, disse Ana Isabel João.

O CHMT revela na mesma nota que o processo de transferência do Serviço realizou-se de forma tranquila e planeada, não tendo sido necessário que nenhuma das mães seguidas neste centro hospitalar recorresse a outras entidades hospitalares, durante os dias da mudança da maternidade, como estava previsto no plano. Caso existisse necessidade poderiam recorrer a Santarém, Leiria ou Castelo Branco.

O CHMT recorda que “a deslocação de instalações da Maternidade da Unidade Hospitalar de Abrantes para a Unidade Hospitalar de Torres Novas decorrerá tão-só enquanto durar o plano de contingência de combate ao Novo Coronavírus, SARS-Cov2, promovendo-se desta forma a salvaguarda das mães e recém-nascidos, e concentrando na Unidade Hospitalar de Abrantes os meios clinicamente mais diferenciados para a primeira linha de assistência aos doentes com Covid-19”.