Ministro da Economia visitou Mitsubishi em Tramagal e andou de Canter elétrica (C/ÁUDIO E FOTOS)

Região 2020-02-21

O Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, e o secretário de Estado Adjunto e da Economia, João Neves, visitaram na manhã desta sexta-feira, dia 21 de fevereiro, a Mitsubishi Fuso Truck Europe, em Tramagal.

Os governantes chegaram e tiveram de imediato uma reunião, à porta fechada, com o conselho de administração da empresa e na qual esteve também o presidente da Câmara de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos.

A visita apontou às quatro unidades de produção automóvel em Portugal uma vez que os números das exportações de 2019 colocaram o nosso país no top 10 dos países exportadores de automóveis. Ao mesmo tempo, Portugal atingiu no último ano o valor máximo da última década.

Deste modo os governantes começaram ontem a visita na Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, e hoje as visitas completam-se com a passagem pela Mitsubishi Fuso Truck Europe (Tramagal), PSA Peugeot Citroen (Mangualde) e Caetano Bus (Vila Nova de Gaia).

Depois da reunião a administração da Mitsubishi Fuso Truck Europe giuou os convidados pela fábrica onde o ministro teve a oportunidade de observar todo o processo de fabrico das unidades Canter, ou seja, camiões ligeiros, dos 3,5 às 9 toneladas.

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital visitou a fábrica de Tramagal e conheceu a produção da Canter

Após a visita Pedro Siza Vieira foi questionado sobre as acessibilidades a esta fábrica, para a receção de componentes ou escoamento das viaturas. Há muitos anos que a ponte sobre o rio Tejo é uma das grandes “lutas” da administração da empresa e da autarquia, porquanto a empresa tem a necessidade de fazer chegar o produto aos portos de Setúbal e Sines para os colocar no mercado. E a Mitsubishi Fuso Truck Europe tem uma produção anual de 11 mil viaturas, das quais cerca de 90% são destinadas à exportação para a Europa, Estados Unidos, Israel, Turquia e Marrocos.

O ministro disse que “foram manifestados os constrangimentos ao melhor desempenho da fábrica e a possibilidade que podemos equacionar de avaliar que forma podemos contribuir para a melhoria disse e contribuir para a sustentabilidade da unidade”.

Pedro Siza Vieira não adiantou de que forma pode haver uma ajuda, quando questionado sobre a possibilidade da utilização da ferrovia já que a linha da Beira Baixa/Leste passa quase “dentro” da fábrica. “Vamos avaliar. São projetos antigos”, atirou o ministro não querendo vincar uma eventual solução ao Ministério das Infraestruturas. “Isto depende de todos. Quando falamos de uma unidade com estas características (Mitsubishi Fuso Truck Europe) depende de todos. Aquilo que estamos a assegurar é emprego, são exportações, é desenvolvimento regional e as nossas unidades industriais precisam de um contexto de funcionamento favorável”.

Pedro Siza Vieira fala sobre as acessibilidades è fábrica da Mitsubishi 

O ministro está a fazer este périplo pelas empresas produtoras de automóveis em Portugal para assinalar que 2019 passou a pertencer ao clube dos 300 mil. Ou seja, todas as unidades produziram mais do que em anos interiores. O ministro vincou que a fábrica de Tramagal teve a capacidade de se adaptar a diversos níveis. Desde a produção até aos acionistas.

A Mitsubishi de Tramagal contribui para o setor porque a fábrica pertence ao maior grupo mundial de camiões e autocarros. E depois mostra que Portugal está nos vários segmentos da produção automóvel afirmou o ministro de Estado e da Economia.

Pedro Siza Vieira revela os objetivos desta sua visita

Pedro Siza Vieira assinalou ainda o início da produção em Portugal de um veículo elétrico que “já estão a ser colocados no mercado e que no futuro vão ter grande penetração”, disse o ministro adiantando que “sobretudo o modelo que aqui produzimos para mobilidade urbana e logística urbana é de grande interesse”.

Pedro Siza Vieira destaca a produção de um veículo elétrico em Portugal

 

A Mitsubishi Fuso Truck Europe é a única fábrica da FUSO na Europa e emprega cerca de 4 mil trabalhadores. A unidade produz o camião elétrico Canter desde 2017.

Esta unidade produz o modelo Canter desde 1980 e especializou-se na produção de camiões ligeiros, 3,5 a 9 toneladas. Para além de abastecer o mercado da Europa aponta as exportações aos Estados Unidos, Israel, Turquia e Marrocos.

Em 2019 ultrapassou a fasquia das 11 mil unidades, tendo fabricado 11.036 camiões e faturou 222 milhões de euros, sendo o maior exportador do distrito de Santarém.

A Mitsubishi Fuso Truck Europe é uma das duas unidades do grupo que produz veículos elétricos. A outra unidade fica situada no Japão, em Kawazaki.

Seis baterias fazem trabalhar a Canter elétrica 

O ministro e o presidente do Conselho de Administração da Mitsubishi Jorge Rosa experimentação a Canter elétrica