Pesquisar notícia
sábado,
25 set 2021
PUB
Região

Médio Tejo tem dia mais calmo das últimas semanas com apenas mais um teste positivo (C/ÁUDIO)

11/04/2020 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo, área do agrupamento de centros de saúde, teve nas últimas 24 horas o dia mais calmo das últimas três semanas com apenas mais um caso positivo em Ourém, que assim chega aos 29 infetados. No global os 11 concelhos que compõem o Médio Tejo na área da saúde têm 103 casos de pessoas infetadas com a doença COVID-19.

De resto todos os restantes valores mantêm-se inalterados, com 489 vigilâncias ativas, 276 passivas, 932 contactos pelos pelas equipas de saúde pública e 187 altas de vigilância ativa. No Boletim Epidemiológico do Médio Tejo temos a informação que uma das três pessoas que morreram revelou negativo no “teste de rastreio post mortem”, deixando de ser considerado como óbito relacionado com a COVID-19. Desta forma a morte que ocorreu no concelho de Ourém foi retirada do relatório, pelo que o Médio Tejo tem assim duas mortes associadas ao coronavírus, uma em Tomar e outra em Alcanena.

No final desta semana há a registar o primeiro caso de um doente curado da COVID-19, trata-se de uma mulher de Tomar que já se livrou do novo coronavírus. Maria dos Anjos Esperança, delegada de saúde, no Médio Tejo explicou que esta mulher fez os dois testes com uma diferença entre eles de 24 horas e ambos confirmaram a sua imunidade. Boas notícias num dia que foi particularmente calmo, o mais calmo desde que começou a pandemia nesta região.

Maria dos Anjos Esperança, ACES Médio Tejo

O ACES Médio Tejo aglutina os concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

Vila de Rei e Sertã são dois concelhos que pertencem à Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, mas que na área da Saúde dependem de Castelo Branco, nomeadamente do Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Interior Sul, que monitoriza estas situações.

Portugal com 470 mortos e mais 515 infetados

Portugal regista hoje 470 mortos associados à covid-19, mais 35 do que na sexta-feira, e 15.987 infetados (mais 515), indica o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de sexta-feira, indica que a região Norte é a que regista o maior número de mortos (258), seguida da região Centro (113), da região de Lisboa e Vale do Tejo (87) e do Algarve, com nove mortos.

O boletim dá hoje conta de três óbitos nos Açores.

Relativamente a sexta-feira, em que se registavam 435 mortos, hoje observou-se um aumento percentual de 8% (mais 35).

De acordo com os dados disponibilizados pela DGS, há 15.987 casos confirmados, mais 515, o que representa um aumento de 3,3% face a sexta-feira.