Médio Tejo soma mais dois casos e mais 26 pessoas em vigilância

2020-06-20

Há mais duas pessoas infetadas com o SARS-COV-2 na área territorial do Médio Tejo, mais concretamente no concelho de Tomar. São neste momento 239 pessoas que foram infetados no território do ACES Médio Tejo desde que começou a pandemia na região.

No relatório epidemiológico deste sábado do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Médio Tejo há ainda a registar uma subida nas vigilâncias ativas na região com 26 pessoas a terem de ficar em isolamento porque contactaram com pessoas infetadas. Como revela a coordenadora da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Maria dos Anjos Esperança, as pessoas que estejam em vigilância ativa têm mesmo de ficar em isolamento profilático. Trata-se de uma obrigatoriedade e uma forma de limitar a proliferação do vírus, que pode demorar 14 dias a tornar visíveis sintomas que levem as autoridades a avançar com testes ao coronavírus.

Neste momento são 64 as pessoas que se encontram em vigilância ativa, ou seja, que tiveram contactos próximos com outros que acusaram positivo nos testes ao coronavírus. No Entroncamento as pessoas em vigilância subiram de 17 para 21 pessoas, Ourém de três pessoas na sexta-feira passou a ter 12 este sábado, Torres Novas também subiu as vigilâncias de três para 11 e em Tomar há mais duas pessoas em isolamento profilático. Juntam-se mais duas pessoas em Abrantes, nove em Alcanena, cinco em Mação e duas em Vila Nova da Barquinha.

Nas últimas 24 horas registaram-se quatro altas da vigilância ativa e mantêm-se as altas da doença em 137 pessoas. Quer isto dizer que, ao dia de hoje, há 102 pessoas infetadas com a COVID-19 e que as outras fizeram o processo de recuperação. Segundo os dados da Direção Geral da Saúde e do ACES Médio Tejo foram registados na região 14 óbitos.

Consulte aqui os casos por concelho:

O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes. Abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km's quadrados.
Já os concelhos da Sertã e Vila de Rei que fazem parte do Médio Tejo na divisão político-administrativa em termos de saúde pertencem ao ACES do Pinhal Interior Sul que abrange ainda os concelhos de Proença-A-Nova, Oleiros e cerca de 30 mil utentes.

Na Sertã foram registados seis casos de infetados e em Vila de Rei apenas um. Todos estão curados da doença, segundo as indicações das autoridades de saúde.

Consulte aqui os infetados/recuperados por concelho: