Pesquisar notícia
sexta,
24 set 2021
PUB
Região

Médio Tejo soma mais 16 casos positivos em dia de 6640 no país (C/ÁUDIO)

7/11/2020 às 19:32
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo registou este sábado mais 16 casos positivos de pessoas infetadas com o novo coronavírus atingindo um total de 1480 pessoas infetadas desde o início da pandemia. Hoje foi também o dia em que o país voltou a bater o recorde de casos positivos com um registo de 6640 novos infetados.

De acordo com o boletim epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo os 16 casos de hoje foram registados em Abrantes (3) e em Tomar (13).
No que diz respeito ao número de recuperados mantém nos 705, o mesmo valor dos últimos dias.

Já no que toca a vigilâncias ativas o total de pessoas em confinamento voltou a subir com mais 35 pessoas a estarem registadas como contactos de infetados. As 686 pessoas em vigilância no Médio Tejo estão distribuídas pelos concelhos de Abrantes (126), Alcanena (58), Constância (20), Entroncamento (38), Ferreira do Zêzere (8), Mação (10), Ourém (163), Sardoal (40), Tomar (186), Torres Novas (87) e Vila Nova da Barquinha (31).

Quem teve infeção e já está negativo não deve ter medo de trabalhar com quem está positivo
O Centro Social do Pego, soube-se esta sexta-feira, teve um aumento considerável do número de infetados. Chegou a 80 pessoas a testar positivo, dos quais 60 são utentes e 20 funcionários. E com este número de pessoas a recuperar, Maria dos Anjos Esperança, coordenadora da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, explica as ações da Saúde Pública.
Começou por explicar que daqui a sete dias, ou seja, na próxima sexta-feira todos os funcionários e utentes que testaram negativo voltam a repetir os testes. E a delegada de saúde diz que todos devem perceber os esforços das pessoas que estão a trabalhar no Centro Social do Pego. Se não é um trabalho fácil, por estes tempos, torna-se mais complicado porque não é fácil andar todo o dia com os equipamentos de proteção individual.
Maria dos Anjos Esperança faz mesmo um apelo para que as pessoas que já estiveram infetadas e que tiveram testes negativos podendo voltar às suas atividades não devem ter receio em trabalhar nesta instituição. “Não tenham receio nenhum”, disse Maria dos Anjos Esperança que apelou às pessoas que estão positivas sem sintomas para irem trabalhar porque não voltam a positivar. Nesta altura o lar precisa de pessoas para tomar conta dos idosos.
De referir que o presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, confirmou esta sexta-feira à Antena Livre que o Centro Social do Pego já tem a trabalhar, desde quinta-feira, cinco profissionais das Brigadas de Intervenção Rápida da Segurança Social.

Maria dos Anjos Esperança, Aces Médio Tejo

O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes. Abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km's quadrados.