Pesquisar notícia
domingo,
19 set 2021
PUB
Região

Médio Tejo: Redução tarifária nos transportes públicos continua em 2021

29/12/2020 às 11:12
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Em 2021, a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo vai continuar a atribuir um desconto de 40% nas assinaturas mensais dos serviços de transporte público da região. Este desconto, no âmbito do Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos (PART), aplica-se quer no serviço ferroviário (serviço inter-regional e regional), quer no modo rodoviário (assinaturas de linha).
Atualmente, encontram-se em vigor um conjunto de medidas de redução tarifária promovidas pela CIM do Médio Tejo, que se vão manter em 2021, entre as quais:
40% de desconto nas assinaturas do serviço ferroviário (serviço inter-regional/regional para assinaturas com origem no Médio Tejo); 40% de desconto nas assinaturas de linha do serviço rodoviário que envolvam o Médio Tejo; 40% de desconto no valor pago pelo passageiro em assinaturas de estudante abrangidas pelos Municípios do Médio Tejo no serviço rodoviário; Redução tarifária no serviço de Transporte a Pedido: Aplicação da redução tarifária em todos os escalões tarifários; Redução tarifária nos serviços de transporte urbanos de Abrantes; Entroncamento; Tomar e Torres Novas.
Para além do PART, a região conta também com um novo programa de financiamento, o PROTransP - Programa de Apoio à Densificação e Reforço da Oferta de Transporte Público.
No âmbito da aplicação das dotações do PROTransP no Médio Tejo, está a ser assegurado e com continuidade prevista para 2021 o financiamento dos serviços essenciais de transporte público definidos para o território do Médio Tejo, no contexto da regulamentação criada para assegurar o funcionamento dos bens e serviços públicos essenciais, decorrente da situação de emergência provocada pela pandemia COVID-19; o alargamento do serviço LINK a todas as sedes de concelho do Médio Tejo; a realização de uma campanha de Promoção do Transporte Público.
A redução tarifária nos transportes vai assim manter-se em vigor no Médio Tejo em 2021. O objetivo desta CIM é “estimular a utilização do transporte público de passageiros, demonstrando a sua mais valia em termos de custos de deslocação junto dos utilizadores, como também como incentivo à descarbonização”.