Pesquisar notícia
quinta,
23 set 2021
PUB
Região

Médio Tejo com mais um infetado em Abrantes e menos 21 vigilâncias ativas na região

8/04/2021 às 16:49
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

As últimas 24 horas indicaram a existência de mais um caso positivo de Covid-19 na área da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo colocando o total acumulado em 12 768 pessoas que foram contagiadas. Este caso está reportado em Abrantes que já ontem teve os únicos reportados pelos laboratórios.
Os casos recuperados continuam a não ter alterações estando nos 12 325 tal como os óbitos que são 375.

De acordo com estes números os casos ativos no Médio Tejo são, neste dia 8 de abril, 68 distribuídos por Abrantes (16), Alcanena (2), Entroncamento (9), Mação (2), Ourém (11), Tomar (11), Torres Novas (13) e Vila Nova da Barquinha (4). Os concelhos de Constância, Ferreira do Zêzere e Sardoal não têm qualquer caso ativo nesta altura.

No que diz respeito a vigilâncias ativas a autoridade de saúde pública tem nesta quinta-feira, terceiro dia da segunda fase do desconfinamento, 82 pessoas em isolamento porque tiveram contactos de risco com infetados. São menos 21 pessoas em confinamento do que as registadas ontem. Estas 82 pessoas estão em quarentena em Abrantes (12), Alcanena (9), Entroncamento (12), Mação (1), Ourém (18), Sardoal (4), Tomar (10), Torres Novas (5) e Vila Nova da Barquinha (11). Os concelhos de Constância e Ferreira do Zêzere não têm qualquer pessoa em confinamento.

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 602 casos de infeção pelo novo coronavírus e nove mortes atribuídas à covid-19, a par de um ligeiro aumento nos internamentos, incluindo em cuidados intensivos.

Segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde, há registo de nove mortos com covid-19 e mais sete pessoas internadas, fazendo subir o total para 495.

Desses internamentos, 122 são em unidades de cuidados intensivos, mais seis do que na quarta-feira. O número total de internamentos permanece desde quarta-feira abaixo de 500, algo que já não acontecia desde meados de setembro de 2020.

As autoridades de saúde têm hoje em vigilância 16.182 contactos, mais 395 do que na quarta-feira, e nas últimas 24 horas foram dadas como recuperadas mais 601 pessoas, que totalizam 782.895 desde o início da pandemia.