Pesquisar notícia
terça,
21 set 2021
PUB
Região

Médio Tejo com mais 18 novas infeções com SARS-CoV-2

7/09/2021 às 19:49
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O território da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo (USPMT) registou esta terça-feira mais 18 novos casos de pessoas infetadas com SARS-Cov-2. A USPMT engloba os concelhos Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha e já teve 15 033 registos de pessoas infetadas com SARS-CoV-2 desde o primeiro caso anotado em Tomar em 16 de março do ano passado.

As 18 novas infeções comunicadas à saúde pública pelos laboratórios nas últimas 24 horas foram registadas em Abrantes (3), Entroncamento (3), Ferreira do Zêzere (1), Ourém (3), Tomar (7) e Torres Novas (1).

O total de pessoas dadas como recuperadas é de 14 206 e o número de óbitos não teve alteração. Há a lamentar 392 mortes na região associadas à Covid-19.

Com esta atualização o número de casos ativos no Médio Tejo passou a ser de 433 localizados em Abrantes (45), Alcanena (41), Constância (5), Entroncamento (53), Ferreira do Zêzere (24), Mação (8), Ourém (121), Sardoal (4), Tomar (56), Torres Novas (66) e Vila Nova da Barquinha (10).

O número de pessoas que estão em confinamento por terem contactado com infetados subiu nas últimas 24 horas. No total, há na região 322 pessoas a quem foi decretada a quarentena pelo período de 14 dias e que devem ficar em isolamento em casa. Desde que começou a pandemia que a USPMT já decretou um total de 10 520 confinamentos e deu alta do isolamento a 10 167 pessoas.

As 322 pessoas em vigilância ativa, esta terça-feira, estão confinadas em Abrantes (38), Alcanena (47), Constância (7), Entroncamento (61), Ferreira do Zêzere (5), Mação (8), Ourém (66), Sardoal (4), Tomar (52), Torres Novas (34) e Vila Nova da Barquinha (5).

Portugal registou 1.231 novas infeções com o vírus da covid-19 e seis mortes atribuídas à doença nas últimas 24 horas, tendo o número de pessoas internadas descido, segundo os dados oficiais de hoje.

Estão internadas nos hospitais, infetadas com o coronavírus SARS-CoV-2, 650 pessoas, menos 32 do que na segunda-feira, 135 delas em unidades de cuidados intensivos, menos cinco nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) que faz o ponto da situação diário da evolução da pandemia da covid-19 em Portugal.

As 1.190 novas infeções foram, na sua maioria, diagnosticadas na região Norte (440) e na região de Lisboa e Vale do Tejo (328).

Os seis óbitos atribuídos à doença ocorreram nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo (três), Norte (uma), Centro (uma), e Alentejo (uma).

Relativamente às idades das vítimas mortais, quatro tinham mais de 80 anos, uma entre 70 e 79 anos e outra entre 60 e 69.