Pesquisar notícia
terça,
28 set 2021
PUB
Região

Médio Tejo com mais 13 infetados e mais de 160 pessoas em confinamento

3/06/2021 às 17:52
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo, na sua área da saúde que engloba 11 concelhos, teve nas últimas 24 horas mais 13 casos positivos de Covid-19: Abrantes (2), Alcanena (8), Ourém (1), Sardoal (1) e Tomar (1). De acordo com o relatório epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo (USPMT) o número total de casos positivos registados na região subiu neste dia 3 de junho para 12 988.

No que diz respeito ao número de recuperados não há alteração em relação ao dia anterior (12 524), assim como o número de óbitos (378) continua inalterado.

Com os treze novos infetados reportados pelos laboratórios, o número de casos ativos subiu para 86: Abrantes (2), Alcanena (23), Entroncamento (12), Ourém (25), Sardoal (1), Tomar (7), Torres Novas (14) e Vila Nova da Barquinha (2). Constância, Ferreira do Zêzere e Mação não têm qualquer pessoa infetada com o coronavírus.

 

No que diz respeito ao número de pessoas que estão em confinamento por terem contactado com infetados, há a registar uma nova diminuição em relação ao dia de ontem. Há menos 25 pessoas a quem foi decretada a quarentena pelo período de 14 dias e as altas da vigilância ativa revelam um aumento de 23 pessoas que deixaram de estar confinadas.

As 161 pessoas em vigilância ativa estão confinadas em Abrantes (9), Alcanena (19), Constância (7), Entroncamento (37), Ferreira do Zêzere (2), Mação (2), Ourém (37), Tomar (3), Torres Novas (44) e Vila Nova da Barquinha (1). Sardoal é o concelho no Médio Tejo que não tem, à data, qualquer pessoa em quarentena por ter contactado com infetados.

 

Portugal registou três mortes relacionadas com a doença covid-19 e 769 novos casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, divulgou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O número de novos casos nas últimas 24 horas supera o valor registado na véspera, 724, que já era o maior desde o início de abril.

De acordo com o boletim epidemiológico de hoje, a região de Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a que tem mais novos casos confirmados, com 385 dos 769 registados no período em análise.

Dos três óbitos hoje contabilizados pela DGS, dois foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo e um na região Centro.

Relativamente aos internamentos hoje estão menos 10 pessoas em enfermaria, totalizando 254 doentes.

Nas unidades de cuidados intensivos (UCI), estão 52 pacientes, menos um em relação à véspera.