Pesquisar notícia
sábado,
18 set 2021
PUB
Região

Médio Tejo com 6 infetados e 88 pessoas em confinamento

15/05/2021 às 15:35
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo viu hoje o número de infetados subir para um total acumulado de 12 894 pessoas infetadas pelo SARS-CoV-2 desde o início da pandemia, com o registo de mais 6 novos casos no Entroncamento (1) Tomar (1), Torres Novas (2) e Vila Nova da Barquinha (2).

De acordo com o relatório epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo (USPMT) com o mesmo número de recuperados (12 477) e óbitos (378) os casos ativos neste território são agora 39. Estes casos estão localizados em Abrantes (8), Alcanena (2), Constância (1), Entroncamento (4), Ourém (9), Sardoal (1), Tomar (5), Torres Novas (6) e Vila Nova da Barquinha (3). Os concelhos de Ferreira do Zêzere e Mação não têm qualquer caso ativo.

Já no que diz respeito a vigilâncias ativas há a registar mais 1 pessoa em confinamento por contacto de risco com infetados. Desde que começou a pandemia que a autoridade de saúde já decretou 7 685 confinamentos para isolamento profilático, com 7 603 a terem alta da quarentena.

Este sábado, o número total de pessoas em vigilância ativa no Médio Tejo, e com confinamento obrigatório, é de 88 pessoas em Abrantes (12), Alcanena (9), Constância (2), Entroncamento (10), Mação (8), Ourém (21), Sardoal (1), Tomar (1), Torres Novas (15) e Vila Nova da Barquinha (9). O concelho de Ferreira do Zêzere é o único que não tem qualquer cidadão em confinamento.

Portugal registou, nas últimas 24 horas, sete mortes atribuídas à covid-19 e 469 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, segundo o boletim epidemiológico da Direção Geral da Saúde.

O número de internamentos continua a descer. Hoje há 223 pessoas internadas, menos 13 do que na sexta-feira, e continuam 71 pessoas em unidades de cuidados intensivos, menos uma do que na sexta.
Hoje foram dadas como recuperadas mais 386 pessoas, totalizando agora 802.671 desde o início da pandemia.

As autoridades de saúde mantêm em vigilância 18.793 contactos, menos 174 do que na sexta-feira.

O número de casos ativos aumentou em 76 desde sexta-feira, contando-se agora 22.171.