Médio Tejo candidata-se a máquinas para equipas de sapadores florestais

Região 2019-05-15

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIM MT) e o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) vão assinar uma parceria que tem como objetivo dotar as suas duas equipas de sapadores florestais de máquinas e veículos pesados para a instalação de redes de defesa da floresta contra incêndios.

Quer isto dizer que, com esta candidatura e com a aquisição dos equipamentos, a CIM poderá ficar habilitada para, de forma eficiente, gerir os combustíveis vegetais e potenciar o uso fogo controlado como meio de prevenção dos fogos florestais.

Miguel Pombeiro, secretário executivo da Comunidade Intermunicipal explicou que “foi aprovado um contrato de comodato relativamente ao trator pneumático, sendo uma viatura que ajuda nestes trabalhos e o estilhaçador, que aumenta a rentabilidade dos sapadores, ambos ficarão a tempo inteiro sob a nossa gestão. Depois, temos outros veículos que serão utilizados mediante a nossa requisição e quando necessário”. O processo deverá estar concluído em Junho.

A primeira brigada de Sapadores Florestais da CIM Médio Tejo está constituída e está em preparação uma segunda que no total vão disponibilizar 30 elementos, 29 operacionais e um técnico superior.

As Brigadas de Sapadores Florestais das CIM são responsáveis:por garantir uma gestão anual mínima de 500 hectares de combustíveis com fogo controlado, devendo ter no mínimo mil hectares de área a intervir aprovados. Esta aprovação deverá constar em planos de fogo controlado aprovados nas Comissões Municipais de Defesa da Floresta. Na falta de planos de fogo controlado o técnico da brigada fica responsável pela sua execução garantindo a gestão da área anual mínima.

 

Foto: Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural