Mação: Reabilitação de antiga fábrica vai dar origem ao "Hotel Rural Flor da Mata", em Envendos

Região 2019-08-30
DR: Antena Livre
DR: Antena Livre

Esta é mais uma notícia de investimento na região. Desta vez, em Mação.

Dois munícipes pretendem construir um hotel na aldeia de São José das Matas, na freguesia de Envendos.

A ideia dos dois promotores é “construírem um hotel em São José das Matas, aproveitando as instalações de uma casa histórica do nosso concelho – do senhor João Pereira – e aquilo que está previsto é a reabilitação de todo o edifício daquilo que era a fábrica que lá existia e transformar aquilo num hotel, que tem, de facto, algum potencial”, explica o presidente do Município, Vasco Estrela.

O futuro hotel a ser criado nas antigas instalações da fábrica de corantes e conservantes já tem nome - “Hotel Rural Flor da Mata”, que era a marca de um dos produtos comercializados por esta casa - e representa um “investimento grande, na casa dos dois/três milhões de euros”.

Este investimento privado conta também com o apoio da Câmara Municipal, que tem “acompanhado desde a primeira hora este projeto”. Vasco Estrela diz que “nestas coisas que não dependem de nós devemos ter alguma cautela” e anunciou que já esteve no local, inclusive com um representante do Turismo de Portugal, “a avaliar toda a envolvente, todo o potencial que têm para efeitos de candidatura”.

Mas este hotel não vai ser apenas um hotel. Numa das partes do espaço existe a possibilidade de “fazer a recriação da antiga fábrica, dos corantes, dos conservantes, do embalamento e do tratamento de todos os produtos que eram ali transformados para posterior comercialização”, conta o autarca.

Vasco Estrela defende que existe, naquele espaço, condições para fazer um espaço museológico na linha daquilo que a Câmara vem defendendo, no sentido de perpetuar na memória a história de importantes e principais atividades da região e de “preservar a realidade que lá existia” – como já foi o caso da antiga fábrica de presuntos de Envendos e da reabilitação da escola de Ortiga para preservar a memória do Museu da Pesca – e também com o intuito de “criar uma mais-valia para aquele complexo”.

E na reunião de Câmara de 28 de agosto, o executivo municipal aprovou precisamente um pedido de apoio para reabilitação e valorização das instalações, como explicou Vasco Estrela à Antena Livre e ao Jornal de Abrantes: “O edifício é do privado, é uma antiga fábrica que querem transformar num hotel e que terá um espaço museológico e, para esse efeito, solicitaram uma parceria com a Câmara, em que a Câmara possa dinamizar esse espaço, tendo em consideração aquilo que nós já vamos fazendo ao longo do concelho ao longo dos anos – os espaços de memória um pouco por todo o concelho, no sentido de perpetuar aquilo que foram as atividades no nosso concelho.

É com entusiasmo que o autarca vê este investimento no concelho, admitindo que seria uma “mais-valia para o concelho, para o hotel, e a Câmara assim segue também o intuito de ter espaços de memória espalhados pelo concelho. E estamos a falar de uma indústria que foi emblemática no nosso concelho, nomeadamente na freguesia de Envendos”.

O presidente do Município de Mação adianta que os promotores “vão fazer candidatura a fundos comunitários, estão a ser apoiados pelo Gabinete de Apoio ao Empresário de Mação e espera-se a aprovação do projeto para depois as coisas se iniciarem. Estão neste momento a elaborar o projeto e seria ótimo que se concretizasse”.

 

Ana Rita Cristóvão