Pesquisar notícia
sexta,
24 set 2021
PUB
Região

Está quase a começar a aventura da Nacional 2 em 24 horas

25/07/2019 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Nuno Gomes e Daniel Simões já estão em Chaves, onde jantaram um prato de massa com atum. Alimentação cuidada nos últimos dias, à base de hidratos de carbono. Juntaram treinos diários com alguma intensidade e, nas últimas 24 horas, descanso mais a sério.

Esta sexta-feira, às 7 da manhã, vão estar montados nas “bikes” no local onde fica situado o quilometro zero da mítica Estrada Nacional Nº 2, que liga Chaves a Faro num percurso de 738 quilómetros. A distância vai ser percorrida, se correr tudo dentro do previsto, em cerca de 24 horas, pelo que a chegada a Faro está prevista para as 09:30 horas deste sábado.

A estrutura de apoio e os dois aventureiros saíram de Abrantes passavam 15 minutos das 16:00 horas. Rumo à A23, depois A13, A1, IP3 e A24 até Chaves. Viagem seguida e com ritmo médio que, mesmo assim, permitiu ver as paisagens que caracterizam as várias regiões de Portugal. A meio, na região de Bigorne a chuva e o nevoeiro fizeram uma aparição, assim como uma temperatura de pouco mais de 15 graus.

O Nuno e o Daniel mostraram-se com a ansiedade normal do início de um desafio desta natureza, mas ao mesmo tempo com uma boa disposição bem vincada. Assim tem sido a preparação da aventura da Nacional 2. Assim estão a ser as horas que antecedem a partida.

A Antena Livre vai acompanhar na rádio e no site esta aventura. Podemos adiantar que amanhã, durante o dia, nalguns locais de abastecimento vão estar alguns autarcas. Em Abrantes, onde os ciclistas vão passar, se os horários forem cumpridos, cerca das 20:45 [em Rossio ao Sul do Tejo].

Na bagagem, para além da vontade de verem superado este desafio os dois abrantinos, por adoção, trazem a Palha de Abrantes para deixarem como marca da cidade.

A equipa é constituída por mais quatro elementos, entre o apoio e um fisioterapeuta, que vai acompanhar todos os passos, ou pedaladas dos ciclistas.

Depois do jantar virá o repouso, no Regimento de Infantaria Nº 19, situado em Chaves, para uma alvorada agendada para antes das 6 horas.