Covid-19: Proença-a-Nova reforça medidas. Comissão Distrital de Proteção Civil reúne hoje

Região 2020-03-17
Reunião de Câmara Proença-a-Nova
Reunião de Câmara Proença-a-Nova

Para além dos eventos cancelados e de várias atividades regulares suspensas anteriormente anunciados, o executivo municipal de Proença-a-Nova revelou, na reunião de segunda-feira, 16 de março, outras medidas que estão a ser implementadas nos serviços municipais, como forma de contenção da propagação da pandemia COVID-19.
 
Assim, a recomendação é que só se desloquem ao edifício da Câmara Municipal os munícipes que tenham assuntos inadiáveis, que não possam ser resolvidos via telefone ou por email. Haverá ainda o alargamento do prazo das faturas da água até data a anunciar, para quem ainda não tem o pagamento via débito direto, evitando desta forma a deslocação só por este motivo.
 
Para quem tenha mesmo de se deslocar aos Paços do Concelho, terão de manter a distância recomendada nas filas para a receção e Balcão Único e todos os atendimentos serão feitos no piso da receção, para evitar que pessoas estranhas ao serviço circulem no edifício camarário.
 
“Até este momento, o distrito de Castelo Branco não tem casos conhecidos de COVID-19 e esta terça-feira convoquei a Comissão Distrital de Proteção Civil, de que sou presidente, para se articularem medidas conjuntas e antecipação de cenários caso seja decretado o Estado de Emergência”, afirmou o presidente do Município, João Lobo, que convocou igualmente a Comissão Municipal de Proteção Civil e os presidentes das Juntas de Freguesia para esta terça-feira, no sentido de se definirem medidas de apoio à população mais vulnerável do concelho, nomeadamente os idosos.
 
O atendimento presencial aos munícipes que o presidente da autarquia realiza às quintas-feiras de manhã está suspenso, devendo os casos mais urgentes requerer atendimento telefónico através do Gabinete de Apoio à Presidência.
 
João Lobo informou ainda que a Unidade Móvel de Saúde e a Bibliomóvel poderão ser adaptados, nesta fase, para acolher outro tipo de serviços dirigidos aos mais idosos. Também os professores do Grupo de Desporto poderão realizar acompanhamento semelhante junto das suas turmas de ginástica sénior. A Escola Pedro da Fonseca é aquela que dentro do Agrupamento de Escolas do concelho se encontra a dar apoio aos filhos dos profissionais de saúde e dos agentes da autoridade, conforme definido pelo Governo, e a cantina escolar vai continuar a confecionar refeições para os alunos mais carenciados, pertencentes ao Escalão A, com levantamento no local no caso dos alunos de Proença-a-Nova e entrega domiciliária nos restantes casos.
 
O Espaço Internet e o Posto de Turismo encontram-se encerrados, havendo em alternativa o Posto de Turismo Interativo e a aplicação Visit Proença para quem necessitar de apoio, para além do contacto telefónico com o Município.
 
De notar também que o Mercado Municipal encontra-se encerrado até novo anúncio e também o Centro Ciência Viva da Floresta está apenas a cumprir os serviços mínimos, preventivamente, entre os dias 14 de março e 9 de abril, inclusive, estando suspensas todas as visitas e análises de vinhos. A Biblioteca Municipal está aberta, condicionada no número de utentes que podem utilizar este serviço em condições de segurança.
 
Já durante esta segunda-feira, e na sequência da aprovação da portaria 70/2020, o Gabinete de Apoio ao Empresário e Agricultor encontra-se a contactar as empresas de restauração e bebidas no sentido de serem cumpridas as novas diretrizes, nomeadamente a ocupação limitada em um terço da capacidade do estabelecimento e a higienização dos espaços, bem como os apoios que o Governo já aprovou para disponibilizar às empresas.
 
João Lobo reforça que, numa altura de tanta informação e contra informação, é fundamental continuar a acreditar nas instituições “que têm responsabilidade de partilhar confiança aos cidadãos”, sem esquecer a responsabilidade individual. “Cada um de nós tem a responsabilidade primeira de nos protegermos e protegermos aqueles que connosco convivem, devemos realizar as recomendações da higienização e do afastamento social e levar esta situação com responsabilidade e serenidade”.
 
A reunião de câmara pública foi realizada com as vereadoras Margarida Cristóvão e Catarina Dias em videoconferência a partir da área de residência, fora do concelho de Proença-a-Nova, para evitar deslocações.