Pesquisar notícia
terça,
21 set 2021
PUB
Região

COVID-19: Médio Tejo tem mais 15 infetados e 19 recuperados

1/11/2020 às 18:48
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo tem neste primeiro dia de novembro mais 15 pessoas infetadas com o coronavírus, atingindo agora um total de 1215 casos positivos desde que foi detetada a primeira infeção, a 16 de março. De acordo com o relatório epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo os casos positivos deste domingo foram registados em Abrantes (1), Entroncamento (2), Mação (2), e Ourém (10).

De referir que ontem à noite e esta manhã foram conhecidos os resultados dos testes feitos aos universos de funcionários e utentes das misericórdias de Abrantes e Sardoal e há a registar apenas um caso positivo no Sardoal, identificado no relatório epidemiológico de ontem. Nos quase 400 testes feitos nas duas instituições todos os utentes tiveram resultados negativos em relação à presença do vírus SARS-COV-2.
Neste domingo há ainda a registar 19 pessoas recuperadas, todas no concelho de Ourém. Neste momento o total de recuperados no Médio Tejo são 670 pessoas.

Quando aos números dos contactos primários de infetados com o coronavírus, a autoridade de saúde da região tem 423 pessoa sem isolamento. Estas vigilâncias estão identificadas em Abrantes (49), Alcanena (67), Constância (20), Entroncamento (48), Ferreira do Zêzere (9), Mação (7), Ourém (66), Sardoal (39), Tomar (33), Torres Novas (78) e Vila Nova da Barquinha (7).

O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes. Abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km's quadrados.
Já os concelhos da Sertã e Vila de Rei que fazem parte do Médio Tejo na divisão político-administrativa em termos de saúde pertencem ao ACES do Pinhal Interior Sul que abrange ainda os concelhos de Proença-A-Nova, Oleiros e cerca de 30 mil utentes.