Covid-19: Médio Tejo somou mais 40 casos positivos

2020-11-18

 

São mais 40 novos infetados com SARS-Cov-2 no Médio Tejo. É este o número divulgado pela Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo que indica 2195 cidadãos infetados desde que começou a pandemia. Neste dia mantêm-se as 860 pessoas que recuperaram da infeção.

Os 40 novos casos de infetados desta quarta-feira são apontados em Abrantes (9), Mação (1), Sardoal (1), Tomar (14) e Torres Novas (15).

No que diz respeito a vigilâncias ativas o relatório epidemiológico da saúde pública do Médio Tejo regista 944 pessoas que devem estar em confinamento. Estas quase mil pessoas dos 11 concelhos do Médio Tejo estão localizadas em Abrantes (128), Alcanena (75), Constância (41), Entroncamento (110), Ferreira do Zêzere (37), Mação (31), Ourém (164), Sardoal (43), Tomar (193), Torres Novas (96) e Vila Nova da Barquinha (26). De referir que as vigilâncias ativas são consideradas as pessoas que contactaram de forma direta com pessoas que testaram positivo ao coronavírus. Estas pessoas têm de ficar em isolamento no período de incubação da doença Covid-19, que pode ser até 14 dias.

O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes. Abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km's quadrados.

Os concelhos de Benavente, Cartaxo, Chamusca, Constância, Rio Maior, Santarém e Sardoal estão em confinamento parcial desde 4 de novembro enquanto que os de Abrantes, Alcanena, Almeirim, Coruche, Ourém, Salvaterra de Magos, Ponte de Sor e Proença-a-Nova entram em confinamento esta segunda-feira. Das medidas mais restritivas consta o recolher obrigatório de segunda a sexta-feira das 23:00 às 05:00 e aos sábados e domingos das 13:00 às 05:00.