Pesquisar notícia
sábado,
18 set 2021
PUB
Região

Covid-19: Médio Tejo soma mais um infetado em Abrantes

12/06/2021 às 18:45
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo tem registo, neste sábado, de mais um infetado com Covid-19. De acordo com o relatório epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, que engloba 11 concelhos, o total acumulado de casos passou a ser de 13 036 com o caso registado no concelho de Abrantes.

No que diz respeito ao número de recuperados mantém-se o mesmo número de ontem, 12 587 registos, assim como o número de óbitos (378) continua inalterado.

Desta forma o número de casos ativos é, neste dia 12 de junho, de 71 localizados em Abrantes (27), Alcanena (13), Constância (2), Entroncamento (7), Mação (1), Ourém (6), Sardoal (2), Tomar (9), Torres Novas (2) e Vila Nova da Barquinha (2). Ferreira do Zêzere é agora o único concelho da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo que não regista qualquer pessoa infetada com o coronavírus.

No que diz respeito ao número de pessoas que estão em confinamento por terem contactado com infetados, há a registar menos uma pessoa em isolamento em relação a sexta-feira. No total, há na região 218 pessoas a quem foi decretada a quarentena pelo período de 14 dias e que devem ficar em isolamento em casa.

As 218 pessoas em vigilância ativa estão confinadas em Abrantes (114), Alcanena (22), Constância (5), Entroncamento (11), Ferreira do Zêzere (1), Mação (9), Ourém (5), Sardoal (11), Tomar (7), Torres Novas (7) e Vila Nova da Barquinha (26).

Portugal registou uma morte associada à doença covid-19 nas últimas 24 horas e contabilizou 789 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, mais de metade em Lisboa e Vale do Tejo, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim epidemiológico de hoje, os doentes internados nos cuidados intensivos aumentaram em mais cinco, totalizando agora 77.

Por sua vez, o número de pessoas internadas em enfermaria desceu nas últimas 24 horas, registando-se menos seis doentes, num total de 300.

A região de Lisboa e Vale do Tejo registou 480 novos casos, o que representa 60,8% do total nacional.

Segundo a DGS, a morte registada ocorreu na região Norte.