COVID-19: Médio Tejo soma mais sete casos em Abrantes, Mação, Ferreira do Zêzere e Torres Novas (C/ÁUDIO)

2020-06-28

São mais mais sete casos a aumentar o número total de infetados na área territorial do Médio Tejo para 282. Os sete casos registados nas últimas 24 horas estão distribuídos da seguinte forma: Abrantes (3), Mação (1), Ferreira do Zêzere (1) e Torres Novas (2).

Segundo o relatório epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo há a somar ainda mais sete novas vigilâncias ativas, mas em contraponto há mais sete altas do isolamento profilático. Hoje há um total de 117 pessoas que estão a ser seguidas pelas autoridades de saúde pública porque estiveram em contactos com pessoas que testaram positivo ao SARS-COV-2.

Continuam a ser 153 os recuperados e há a registar 14 óbitos na área territorial do Médio Tejo.

Consulte aqui os casos positivos e em vigilância por concelho:

 

Maria Anjos Esperança, ACES Médio Tejo

Maria dos Anjos Esperança, coordenadora da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo diz que seis dos sete casos registados nas últimas 24 horas são pessoas em idade ativa e que apenas um está hospitalizado, mas que não é devido à COVID. Aliás, foi-lhe detetado o vírus porque foi testado numa unidade hospitalar onde está internado por outra patologia.

Também, de acordo com a médica de Saúde Pública, a maioria dos casos são novos. Os de Abrantes, duas mulheres e um homem, representam, pelo que se sabe, novas linhas de contágio, enquanto os de Torres Novas apresentam ligações com outros casos positivos naqueles concelhos.

Maria dos Anjos Esperança diz que ainda estão a ser trabalhados os contactos destes casos, pelo que pode vir a haver um incremento das vigilâncias nos próximos dias.

A coordenadora da Saúde Pública do Médio Tejo diz que estes casos não fazem soar as campainhas dos alarmes, para já, mas confirma que aumenta bastante o trabalho. Desde há 15 dias a esta parte os números têm subido bastante com muitas linhas de contactos. Adiantou ainda que a saúde pública contacta todos os dias, telefonicamente, com todas as pessoas que estão em vigilância ativa. A médica conclui a dizer que as pessoas devem ter todos os cuidados e que o desconfinamento não significa deixar de ter preocupações com o vírus, tanto mais que este domingo voltámos a ter um registo de quase meio milhar de infetados em Portugal.

Consulte aqui os casos positivos / recuperados por concelho: