COVID-19: Médio Tejo com mais dois casos e 362 pessoas em vigilância ativa (C/ÁUDIO)

2020-04-04

Depois de uma sexta-feira em que o número de casos positivos de testes À COVID-19 foi de 16 este sábado foi bem mais calmo. Segundo o Boletim Epidemiológico do ACES Médio Tejo há a registar mais duas pessoas infetadas com o novo coronavírus, passando a ter um total de 63 casos positivos. Os novos pacientes são de Alcanena (passou a ter 6) e Torres Novas (passou a ter 9).

Ainda segundo o boletim deste sábado há nestes concelhos 362 pessoas em vigilância ativa, 170 em vigilância passiva de um total de 656 pessoas que já foram contactadas pelos elementos da unidade de Saúde Pública desta região.

De referir que há ainda a registar 94 alta da vigilância ativa e dois óbitos (Tomar e Alcanena).

De ontem (sexta-feira) para hoje (sábado) Alcanena passou de 17 para 23 pessoas em vigilância ativa, Ferreira do Zêzere cresceu de 2 para 14 pessoas em vigilância profilática enquanto que em Vila Nova da Barquinha o crescimento neste setor foi de 24 para 42.

De referir que todos os outros concelhos mantêm os mesmos números de sexta-feira, que Entroncamento e Mação são os únicos territórios do Médio Tejo e do distrito de Santarém que ainda não registaram qualquer pessoa infetada com a COVID-19

O ACES Médio Tejo aglutina os concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

Vila de Rei e Sertã são dois concelhos que pertencem à Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, mas que na área da Saúde dependem de Castelo Branco, nomeadamente do Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Interior Sul, que monitoriza estas situações.

 O distrito de Santarém registava ontem, sexta-feira, 3 de abril, mais 27 casos de novas infeções por Covid-19. Os Novos casos foram 16 no Médio Tejo e 11 da Lezíria do Tejo, num total distrital de 187.

A Lezíria do Tejo tinha esta sexta-feira 126 situações confirmadas enquanto o Médio Tejo tinha 61, tendo subido hoje para os 9999, com os 9999 casos das últimas 24 horas.

Maria dos Anjos Esperança, ACES Médio Tejo

O relatório do país

Portugal regista hoje 266 mortes associadas à covid-19, mais 20 do que na sexta-feira, e 10.524 infetados (mais 638), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico deste sábado revela ainda que 5.518 pessoas aguardam resultado laboratorial, enquanto que 22.858 estão em vigilância pelas autoridades de saúde.

O relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de sexta-feira, indica que a região Norte é a que regista o maior número de mortes (141), seguida da região Centro (66), da região de Lisboa e Vale do Tejo (54) e do Algarve (5). Quanto à região do Alentejo, o relatório da DGS de sexta-feira apresentava um óbito, mas o de hoje tem zero registos.

Relativamente a sexta-feira, em que se registavam 246 mortes, hoje observou-se um aumento de 8,1% (mais 20).

De acordo com os dados da DGS, há 10.524 casos confirmados, mais 638, um aumento de 6,5% face a quinta-feira.