Pesquisar notícia
segunda,
20 set 2021
PUB
Região

Covid-19: Médio Tejo com mais dez casos positivos e mais 42 pessoas em vigilância

24/06/2021 às 16:50
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo tem mais 10 infetados com o coronavirus. De acordo com o relatório epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, que engloba 11 concelhos, o total acumulado de casos passou a ser de 13 166 com os 10 novos infetados desta quinta-feira a serem reportados pelos laboratórios em Abrantes (3), Alcanena (1), Constância (3) e Ourém (3).

No que diz respeito ao número de recuperados mantém-se o mesmo número de ontem, 12 587 registos, assim como o número de óbitos (378) continua inalterado.

Desta forma o número de casos ativos na região ultrapassou neste dia de S. João a barreira dos 200. A USPMT indica que os 201 casos ativos estão localizados em Abrantes (62), Alcanena (18), Constância (19), Entroncamento (16), Mação (1), Ourém (26), Sardoal (17), Tomar (20), Torres Novas (16) e Vila Nova da Barquinha (3). Ferreira do Zêzere continua a ser o único concelho da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo que se mantém sem qualquer pessoa infetada.

No que diz respeito ao número de pessoas que estão em confinamento por terem contactado com infetados, há a registar mais 42 pessoas em isolamento em relação ao dia de ontem. No total, há na região 436 pessoas a quem foi decretada a quarentena pelo período de 14 dias e que devem ficar em isolamento em casa. Desde que começou a pandemia que a USPMT já decretou um total de 6 701 confinamentos e deu alta do isolamento a 8 261 pessoas.

As 436 pessoas em vigilância ativa estão confinadas em Abrantes (108), Alcanena (32), Constância (28), Entroncamento (42), Ferreira do Zêzere (3), Mação (23), Ourém (36), Sardoal (79), Tomar (9), Torres Novas (53) e Vila Nova da Barquinha (23).

Portugal registou nas últimas 24 horas duas mortes associadas à covid-19, 1.556 novos casos de infeções confirmadas, a maioria em Lisboa e Vale do Tejo, uma diminuição nos internamentos em enfermaria e um aumento nos cuidados intensivos.

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde indica que estão hoje menos 10 pessoas em enfermaria hospitalar, somando agora 427.

Já nas unidades de cuidados intensivos estão 106 doentes, mais seis em relação a quarta-feira.

A área de Lisboa e Vale do Tejo tem 67,4 por cento do total das novas infeções nacionais ao registar 1.049 casos.

O número total de casos de hoje é o mais elevado desde 20 de fevereiro dia em que Portugal registou 1.570 casos.

As duas mortes nas últimas 24 horas ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo e na região Norte.

Os dados divulgados pela DGS mostram também que há mais 685 casos ativos, totalizando agora 29.697 e que 869 foram dadas como recuperadas nas últimas 24 horas, o que aumenta o total nacional para 823.103 recuperados.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram em Portugal 17.079 pessoas e foram registados 869.879 casos de infeção.

O número de contactos em vigilância pelas autoridades de saúde subiu em 1.251, totalizando agora 44.670.