COVID-19: Médio Tejo com mais 30 vigilâncias em Ourém e sem casos positivos (C/ÁUDIO)

2020-06-23

A região do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Médio Tejo voltou a ter 24 horas sem registo de qualquer caso de novas infeções do coronavírus, depois de ter tido um surto no coro do Santuário de Fátima. Face às 18 pessoas infetadas nos últimos dias, a Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo colocou 30 pessoas do concelho de Ourém em vigilância ativa.

Ontem, segunda-feira, Maria dos Anjos Esperança tinha explicado que face ao surto dentro do coro do Santuário tinham muitos contactos para fazer por via de tentarem fazer todas as ligações das pessoas que testaram positivo. Acresce o facto que alguns dos infetados não são sequer do concelho de Ourém, pelo que têm de ser articulados os contactos ou as outras unidades de saúde. Acresce ainda o facto de ser a autoridade de Saúde Pública a ter de fornecer os dados destas pessoas às autoridades policiais que fazem depois o controlo do isolamento.

Maria dos Anjos Esperança, ACES Médio Tejo

Consulte aqui os casos por concelho:

Para além das 30 pessoas que entrara em vigilâncias acresce uma alta do isolamento também em Ourém, mantendo-se o total de casos positivos de infetados com SARS-COV-2 nos 252, sendo que 137 já recuperaram da doença.

O total de vigilâncias ativas é hoje, 23 de junho, de 899 com 802 pessoas com alta da vigilância, ou seja, neste momento o Médio Tejo tem 99 pessoas em isolamento.

Há 137 pessoas que tiveram alta da doença e há ainda a registar 14 óbitos.

Consulte aqui os casos positivos / recuperados por concelho:

O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes. Abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km's quadrados.
Já os concelhos da Sertã e Vila de Rei que fazem parte do Médio Tejo na divisão político-administrativa em termos de saúde pertencem ao ACES do Pinhal Interior Sul que abrange ainda os concelhos de Proença-A-Nova, Oleiros e cerca de 30 mil utentes.