Pesquisar notícia
domingo,
19 set 2021
PUB
Região

Covid-19: Médio Tejo com 8 casos positivos e menos 25 pessoas em isolamento

26/05/2021 às 17:24
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A região de saúde do Médio Tejo voltou a crescer em novos casos de pessoas infetadas com o SARS-CoV-2. De acordo com o relatório diário da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo há, nesta quarta-feira, mais 8 casos positivos o que faz crescer o total acumulado de casos desde o início da pandemia para 12 948.

Os oito novos infetados foram anotados pelos laboratórios no Entroncamento (2), Ourém (1) e Torres Novas (5).

De acordo com o relatório epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo (USPMT) com o mesmo número de recuperados (12 477) e óbitos (378) os casos ativos sobem para os 93 distribuídos por Abrantes (8), Alcanena (11), Constância (1), Entroncamento (13), Ourém (29), Sardoal (1), Tomar (7), Torres Novas (18) e Vila Nova da Barquinha (5). Os concelhos de Ferreira do Zêzere e Mação não têm qualquer caso ativo.

Já no que diz respeito a vigilâncias ativas, há a registar menos 25 pessoas em confinamento por contacto de risco com infetados. Desde que começou a pandemia que a autoridade de saúde já decretou 7 873 confinamentos para isolamento profilático, com 7 707 a terem alta da quarentena.

De acordo com o relatório epidemiológico desta quarta-feira, dia 26 de maio, são 172 pessoas que estão em confinamento em Abrantes (2), Alcanena (15), Constância (3), Entroncamento (21), Mação (1), Ourém (62), Sardoal (3), Tomar (2), Torres Novas (62) e Vila Nova da Barquinha (1). Ferreira do Zêzere mantém-se como único concelho no Médio Tejo que não tem qualquer pessoa em vigilância ativa.

Portugal registou hoje uma morte atribuída à covid-19 e 594 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, indica a Direção-Geral da Saúde (DGS).
Dos 594 novos casos confirmados de infeção, 280 foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo, o que representa quase metade do total.

Segundo o boletim epidemiológico da DGS, o número de doentes internados em enfermaria continua a diminuir, havendo menos quatro que na terça-feira, para um total de 233.

Quanto aos internamentos em unidades de cuidados intensivos, há mais um doente internado (53) do que na véspera.

O óbito ocorreu na Madeira.