Pesquisar notícia
sábado,
25 set 2021
PUB
Região

COVID-19: Médio Tejo com 53 infetados, 14 num lar não licenciado em Carvalhal

9/11/2020 às 19:16
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo soma esta segunda-feira mais 53 novos casos de pessoas infetadas com o coronavírus o que soma um total acumulado de 1576 casos desde que começou a pandemia.
Os casos deste dia estão registados, de acordo com o relatório epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo, em Abrantes (14), Alcanena (2), Entroncamento (7), Ourém (11), Tomar (2), Torres Novas (14) e Vila Nova da Barquinha (3).

Quanto às vigilâncias ativas são, nesta segunda-feira, 567. De acordo com a autoridade de saúde pública estas pessoas têm o dever de confinamento e estão registadas em Abrantes (83), Alcanena (65), Constância (14), Entroncamento (53), Ferreira do Zêzere (6), Mação (10), Ourém (116), Sardoal (41), Tomar (92), Torres Novas (63) e Vila Nova da Barquinha (24).

Casa de acolhimento não licenciada em Carvalhal (Abrantes) com surto
Os números de Abrantes refletem, ao que a Antena Livre conseguiu saber, um surto numa casa de acolhimento de idosos no Carvalhal, freguesia do norte do concelho de Abrantes. De acordo com fonte ligada ao processo este foco de COVID-19 terá sido detetado no início da semana passada quando um dos idosos que ali estão a residir testou positivo numa deslocação ao Hospital de Abrantes.

De imediato os procedimentos normais foram ativados por forma a testar todos os idosos que residem nesta casa de acolhimento “não licenciada” e funcionários. De acordo com a mesma fonte os resultados de uma dezena de testes foram positivos e estão refletidos no relatório epidemiológico do Médio Tejo desta segunda-feira.

A Antena Livre contactou o presidente da Câmara de Abrantes, Manuel Jorge Valamantos, que revelou ter conhecimento desta situação e explicou que se trata de uma casa de acolhimento que nada tem a ver com o surto registado em meados de maio e que levou mesmo à evacuação dos idosos para o Hospital de Abrantes. Manuel Jorge Valamatos confirmou que se trata de uma casa de acolhimento não licenciada e que os idosos estão assintomáticos, sendo que alguns estão hospitalizados, mas por causa de outras patologias e não devido à COVID-19 diretamente.

O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes. Abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km's quadrados.