Covid-19: Médio Tejo com 2 casos positivos e 101 vigilâncias ativas

2021-04-05

A Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo teve nas últimas 24 horas registo de mais dois infetados com o coronavírus, tendo agora um total acumulado de casos positivos de 12 754. Os casos reportados pelo relatório epidemiológico desta segunda-feira estão foram identificados em Tomar e Torres Novas. No que diz respeito a recuperados a região mantém as 12 325 pessoas que recuperaram da infeção e os 375 óbitos, pelo que o número de casos ativos no Médio Tejo é, nesta segunda-feira, de 54.

Já nas vigilâncias ativas a autoridade de saúde pública do ACES Médio Tejo dá conta de 101 pessoas identificadas e colocadas em quarentena. Estas pessoas têm o dever de isolamento porque tiveram contactos de risco com infetados. Os casos de confinamento estão registados em Abrantes (17), Alcanena (2), Entroncamento (13), Mação (1), Ourém (14), Sardoal (1), Tomar (17), Torres Novas (26) e Vila Nova da Barquinha (10). Constância e Ferreira do Zêzere são os concelhos que não têm qualquer cidadão em vigilância ativa.

Segundo o boletim epidemiológico da DGS, o índice de transmissibilidade (Rt) do novo coronavírus em Portugal subiu hoje para 1 no continente, enquanto a incidência desceu para 60,9 casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias.

Em 01 de abril, o primeiro-ministro disse que existiam 19 concelhos do continente que estavam acima do limiar de risco, ou seja, acima dos 120 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

António Costa salientou que os especialistas ouvidos pelo Governo propuseram que, "se em duas avaliações sucessivas, os mesmos concelhos estiverem acima do limiar de risco, nesses concelhos não devem avançar as medidas de desconfinamento".

O boletim de hoje revela que estão neste patamar acima dos 120 por 100 mil habitantes os concelhos de Alandroal (200), Albufeira (161), Lagoa (141), Machico (500), Portimão (308), Ribeira Brava (225), Ribeira de Pena (283), Rio Maior (334), Santa Cruz (183), Beja (134), Borba (134), Câmara de Lobos (154), Carregal do Sal (302), Marinha Grande (203), Moura (474). Soure (123), Cinfães (175), Figueira da Foz (121), Figueiró dos Vinhos (180), Funchal (137), Odemira (316), Penela (167), Ponta Delgada (178), Ponta do Sol (151), Vila do Bispo (213) e Vimioso (174).

Destes concelhos sete têm valores acima dos 240 casos por 100 mil habitantes.