COVID-19: Mais 5 casos em Tomar e mais 118 vigilâncias ativas

2020-07-24

O surto de infetados na empresa de Tomar Ribasabores continua a dar muito trabalho às autoridades de saúde pública do Médio Tejo, com mais cinco pessoas infetadas e mais 118 vigilâncias ativas.

O primeiro caso, recorde-se, foi um teste positivo sinalizado pelo Centro Hospitalar do Médio Tejo e, ao que parece, a única pessoa a ter apresentando alguns sintomas da doença. Depois começaram a ser feitos testes a todos os empregados da unidade industrial e verificou-se a existência de, pelo menos, 40 pessoas infetadas. Por esse motivo a saúde pública decidiu fechar a empresa até ser feita a desinfeção das instalações e até ao dia 28 de julho, altura em que todos os empregados que tiveram resultado negativo voltam a fazer o teste. Só a partir desse momento é que se pondera a reabertura da Ribasabores.

Há alguns empregados que não tendo condições para fazer o processo de confinamento em casa aceitaram ser colocados, temporariamente, na Base Naval do Alfeite. Foram 14 pessoas, de nacionalidade portuguesa, brasileira e indiana.

No relatório epidemiológico desta sexta-feira há a registar mais cinco casos positivos em Tomar o que faz aumentar o total acumulado do concelho para 73 pessoas infetadas e o total do Médio Tejo para 373.

Também devido a este surto há uma subida exponencial das vigilâncias ativas, com mais 118 pessoas a serem vigiadas pela autoridade de saúde. São, no dia 24 de julho, 174 pessoas que estão em isolamento: Abrantes (7), Entroncamento (29), Ferreira do Zêzere (2), Mação (1), Ourém (5), Tomar (112), Torres Novas (10) e Vila Nova da Barquinha (8).

Também nesta sexta-feira há a considerar o registo de mais 13 pessoas que tiveram alta do isolamento, podendo voltar às suas rotinas habituais.

Confira aqui os infetados e vigilâncias ativas por concelho:

O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes. Abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km's quadrados.

Já os concelhos da Sertã e Vila de Rei que fazem parte do Médio Tejo na divisão político-administrativa em termos de saúde pertencem ao ACES do Pinhal Interior Sul que abrange ainda os concelhos de Proença-A-Nova, Oleiros e cerca de 30 mil utentes.

Nos dois concelhos do Médio Tejo, mas que na saúde integram o ACES Pinhal Interior Sul, há a registar seis casos (todos recuperados) na Sertã e um caso (recuperado) em Vila de Rei.

Consulte aqui os casos positivos / recuperados por concelho:

Notícia relacionada: Covid-19: Empresa de transformação de carnes em Tomar com 40 casos positivos