Pesquisar notícia
terça,
21 set 2021
PUB
Região

CCDRC: 100 escolas da região centro livres de amianto

25/06/2021 às 11:02
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Programa Operacional Regional do Centro (Centro 2020) aprovou 100 projetos para remoção de fibrocimento nos edifícios escolares, representando um investimento total de 11,4 milhões de euros, com uma comparticipação de fundos europeus de cerca de 10 milhões de euros. Estes projetos vão permitir a remoção e substituição de cerca de 174.532 m2 de coberturas com amianto, o equivalente a 17 campos de futebol.

Os apoios concedidos visam a remoção e substituição das estruturas com amianto nas escolas públicas dos níveis de ensino pré-escolar, 1º, 2º e 3º ciclos e ensino secundário, que estão sob a gestão da administração central ou local, respondendo definitivamente a uma preocupação de saúde pública.

Para a presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Isabel Damasceno, “trata-se de um excelente exemplo de como os recursos europeus se devem colocar à disposição das populações, respondendo diretamente aos seus problemas. A remoção do amianto contribui significativamente para a melhoria das condições de segurança e saúde das escolas públicas. Os municípios são os principais responsáveis pelo sucesso desta medida, uma vez que são donos de obra das 100 intervenções”.

A aprovação destes projetos será assinalada com uma visita às obras de remoção de fibrocimento na Escola Básica Eugénio de Castro, em Coimbra. É a escola com a maior área intervencionada na região Centro (5.664 m2), que contou com um apoio de fundos europeus de cerca de 263 mil euros.

Esta visita, que se realiza na próxima segunda-feira, dia 28 de junho, pelas 10.30horas, contará com a presença da ministra da Coesão, Ana Abrunhosa, do secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, da presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Isabel Damasceno, do presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, e da delegada Regional de Educação do Centro, Cristina Oliveira.

No Médio Tejo, as escolas intervencionadas são, no concelho de Tomar: Escola Básica de Santa Iria, Escola Básica Gualdim Pais e Escola Secundária de Santa Maria do Olival. Em Torres Novas, vai ter obras de remoção de cobertura em fibrocimento a Escola Básica e Secundaria Artur Gonçalves.

Já no Município de Vila Nova da Barquinha, serão objeto de remoção de fibrocimento das coberturas o Bloco C a Escola C+S, D. Maria II, o Jardim de Infância da Atalaia e Jardim de Infância e Escola EB1 da Praia do Ribatejo. A remoção de fibrocimento também será levada a cabo na E.B. 2,3/S Luís de Camões, em Constância.