Pesquisar notícia
segunda,
27 set 2021
PUB
Região

Associação cria rede turística no Castelo de Bode

20/08/2019 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Associação de Empresários de Turismo do Castelo do Bode (AETCB), na ótica da promoção da Albufeira e das atividades turísticas que estão associadas a este território, começou a visitar os seus associados. Nestas visitas aproveita para fazer a entrega das respetivas placas de associado às empresas que fazem parte desta rede.

Fundada em 2017, a AETCB tem sede em Martinchel, a porta de entrada para o Castelo de Bode. A associação pretende valorizar a Albufeira e das empresas que aqui operam, seja no alojamento, restauração, lazer ou atividades náuticas.

Nesse sentido, associação passou a tarde de segunda-feira, 19 de agosto, a visitar associados e a entregar placas que pretendem identificar esta rede de promoção e valorização deste território.

Jorge Rodrigues, presidente da AETCB justificou esta primeira ação de entrega de placas a uma parte dos associados como fazendo parte da estratégia da valorização da rede e anunciou para o mês de setembro uma segunda ronda, na zona de Aldeia do Mato e depois Vila de Rei e Sertã.

Desta associação fazem parte das associações de desenvolvimento local Tagus, ADIRN e Pinhal Maior. Conceição Pereira, técnica-coordenadora da Tagus enalteceu este projeto para o desenvolvimento do território.

O presidente da Câmara de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, não escondeu a satisfação de estar num local que afirmou gostar muito, apesar de poder ser muito ventoso ou de poder ter tido uma outra localização. A Praia Fluvial de Fontes representa um serviço para a comunidade do norte do concelho e para a valorização da freguesia de Fontes. E revelou que não é um projeto terminado, pois há sempre mais coisas que podem melhorar a ideia inicial. O presidente da Câmara de Abrantes destacou ainda o trabalho em rede da Associação, importante para a valorização dos territórios “porque temos de deixar de pensar em quintinhas e pensar o território de uma forma mais global, mais regional”.

Já Sónia Alagoa, a presidente da Junta de Freguesia de Fontes destacou o número elevado de visitantes e revelou a necessidade de ser criado um ancoradouro. É que para além dos visitantes da Praia Fluvial que chegam de carro ou de bicicleta, há muitos que ali chegam de barco. A autarca revelou ainda que esta é a ponta do iceberg de muita coisa que pode ser desenvolvida na freguesia. E neste mês de agosto não se tem notado se é fim de semana ou semana, face à procura que a praia fluvial, localizada em Cabeça Ruiva, freguesia de Fontes, tem tido.

Na segunda-feira, 19 de agosto, a AETCB entregou placas aos empresários Barcaça, Ski Word e Rodrigo Esteves (ENI) da Serra de Tomar; Paraíso Azul e Villa Noca Nautic & Nature Hostel, em Vila Nova (Tomar); Wake Villa em Vale da Menina (Tomar); Casa do Avô e The Water Ski Academy em Levegada (Tomar) e à Tasquinha ao Rio na Praia Fluvial de Fontes (Abrantes).

A exploração da Praia Fluvial de Fontes tem espaço de restauração e atividades náuticas. O visitante pode ficar por uma refeição ligeira ou então pode alugar um barco ou ainda ter a prática de desportos na Albufeira. Ou poderá apesar usufruir um espaço de lazer com banhos na piscina flutuante ou umas braçadas na própria albufeira. Cláudio Reis e Paula Fernandes assumiram a empresa que gere o espaço da praia fluvial de Fontes, a Tasquinha ao Rio, explicaram que o objetivo é este, dinamizar a concessão na margem e as atividades na água.