21 Janeiro 2019: 38 anos de rádio local a partir de Abrantes... Antena Livre

Região 2019-01-21
Antena Livre - 38 anos
Antena Livre - 38 anos

O Tejo é que tem a culpa....

As cheias de 79 foram muito violentas e as populações não tinham informação disponível. Foram os radioamadores Carlos Ramos e Manuel Sousa Casimiro que supriram a ausência da atenção da comunicação social de âmbito nacional.

Passada a cheia, ficou a ideia. Juntou-se-lhe Augusto Martins e iniciou-se a “fase de ousadia”: em Janeiro de 1981, a RAL – Rádio Antena Livre, atreveu-se a iniciar emissões regulares mas ilegais, a partir de Arreciadas, no concelho de Abrantes. O slogan “A tentação de fazer, o prazer de escutar rádio local" dá disso cabal imagem. Perseguida pelos serviços radioeléctricos, deu um passo em frente e liderou o Movimento das Rádios Livres, de que António Colaço era uma das alavancas, contra o monopólio RDP / RR. “Em Abril, Rádios Mil” era o lema.

Em 1989, conquistada a nova Lei da Rádio, todas as “rádios livres” ou “piratas” fecharam por alguns meses, a fim de abrirem as que fossem licenciadas. Foi o caso da RAL.

Nestes primeiros tempos, o 25 de Abril ainda estava fresco e a sociedade fervilhava de iniciativa, de criatividade e de um grande esforço de afirmação da identidade local, que inclui o poder local democrático. Mas a comunicação social, a nível nacional, vivia no rescaldo do 25 de Abril e 25 de Novembro. O Público surgiria em 1990, a SIC em 92 e a TVI em 93, em 94 a televisão por cabo. A RAL surge, portanto, antes desta abertura toda.

Em 89/90 começa a fase de institucionalização. Legalizada, com uma vasta equipa de colaboradores voluntários e os primeiros jornalistas profissionais da região, com acesso à informação nacional por telex, a RAL era surpresa, criatividade, profissionalismo, e um espaço público cada vez mais consolidado e reconhecido. Podemos dizer que a RAL fez a região, enquanto entidade que não só existe como se reconhece e discute. Em 91 muda-se de arreciadas para Abrantes, e moderniza-se com os primeiros sistemas informáticos. Em 97 tem lugar uma grave crise que levou à sua dissolução.

Foi em 2001, que o Grupo Lena Comunicação adquiriu o alvará da estação emissora e nasceu a Média On, Comunicação Social Lda transformando a antiga RAL numa nova rádio à qual em jeito de homenagem chamou Antena Livre: uma rádio nova com uma profunda redefinição, e outra ambição.

Foi um novo período de profissionalização e normalização. Por exemplo, em 2005 está na Internet com emissão on line e vive-se então uma operação de reposicionamento da rádio e consolidação empresarial, com uma nova energia em sintonia com os tempos modernos.

A trabalhar para um target adulto, a grande aposta da casa é a Informação Antena Livre que se assume como informação de proximidade, não só do concelho de Abrantes, mas também de todos os concelhos da área de cobertura. A música de qualidade e os diversos conteúdos fazem da Antena Livre...a rádio como você gosta!

Em 2018, A Antena Livre "volta às origens" e é adquirida ao Grupo Lena Comunicação pelo Abrantino Luís Ablú Dias, que passa assim a gerir o Grupo Media On, Comunicação Social lda. 

E a 21 de Janeiro de 2019 completam-se os 38 anos de emissões regulares...da rádio como você gosta!