Sardoal: Assembleia Municipal aprova por unanimidade Orçamento e Plano de Atividades para 2019

Política 2018-12-24

A Assembleia da Câmara Municipal do Sardoal, realizada na passada quarta-feira, dia 19 de dezembro, aprovou por unanimidade o Orçamento Municipal  e o Plano de Atividades para o ano 2019.

Na apresentação do Plano e Orçamento para 2019, o Presidente da Câmara Municipal, Miguel Borges, expôs os pontos principais, referindo que, o documento “é um orçamento de todos - dos vereadores e de ambos os partidos - que foram continuamente trabalhando em conjunto”, referiu Miguel Borges.

O documento foi aprovado por unanimidade, com declaração de voto do grupo dos deputados do PS, lida pelo seu deputado Adérito Garcia.

Na Assembleia Municipal foi também aprovada a contratação de um empréstimo, no valor de 654 mil euros, que segundo Miguel Borges se destina  a obras de reposição de condutas de água e pavimentação de estradas na freguesia de Santiago de Montalegre.

O presidente fez referência às obras que estão a renovar a escola sede de Sardoal, bem como à restauração da Capela de Nossa Senhora do Carmo, em pleno centro histórico da vila.  Referiu que ainda a requalificação da piscina municipal e do mercado diário, com cerca de 300 e 100 mil euros de investimento, respetivamente.

“Vou assinar um contrato programa com o senhor Secretário de Estado da Administração Local referente a uma candidatura que fizemos no programa BEM, Beneficiação de Equipamentos Municipais, que engloba estas e outras obras que aí virão”, disse o autarca.

A sessão da Assembleia foi ainda marcada pela renúncia de mandato do deputado Fernando Vasco (PS), e, dada a falta de aceitação dos seus dois imediatos sucessores para preenchimento do lugar, Bruno Gaspar e Fábio Navarro, tomou posse em sua substituição a deputada socialista Marta Tavares Gomes.

A bancada do PS propôs uma voto de agradecimento e reconhecimento, ao deputado cessante, Fernando Vasco, que foi aprovado por unanimidade.

A Assembleia também felicitou a nova Associação de Pais e a Filarmónica União Sardoalense, cuja nova direção foi praticamente reconduzida.

Procedeu-se ainda à indigitação do quarto elemento da lista para a Comissão de Proteção Crianças e Jovens. Em substituição de Jacinta Ramos, por ter atingido o tempo limite de mandato, foi nomeada Soraia Mourato, ficando assim composta  a lista por Susana Lopes, Inês Aparício, Luís Farinha e Soraia Mourato. Posta a lista à votação, por voto secreto, foi aprovada por 16 votos a favor e um em branco.

A salientar que todos os trabalhos decorreram debaixo de uma normalidade, com todos os pontos aprovados por unanimidade.

 

Sérgio Figueiredo