José Moreno avança para liderança do PSD de Abrantes (C/ÁUDIO)

Política 2020-02-27

José Moreno vai encabeçar uma lista à Comissão Política de Secção de Abrantes do Partido Social Democrata.

José Moreno tem 62 anos, é bancário e nos últimos 24 anos tem desempenhado diversos cargos políticos. Foi secretário da Junta de Freguesia e presidente da Assembleia de Freguesia de S. Vicente (Abrantes). Foi ainda membro e Presidente da Assembleia de Freguesia de Aldeia do Mato, localidade onde reside, e acrescenta ainda um mandato como eleito na Assembleia Municipal de Abrantes e um outro, em 2005, como vereador na Câmara Municipal.

José Moreno disse à Antena Livre que aceita este desafio por indigitação de alguns companheiros do partido para “colocar uma segunda lista à disposição dos militantes, para terem uma segunda opção, para poderem escolher dois projetos”. E depois acrescenta que as duas listas terão “os mesmos objetivos, mas seguramente com caminhos diferentes”, vincando que quer dar a opção aos militantes de poderem escolher entre dois projetos.

Depois revela que a lista que construiu reuniu pessoas com provas dadas e experiência nas lides autárquicas no concelho e que o “partido precisa de uma renovação, de uma lufada de ar fresco”.

O agora candidato a presidente do PSD em Abrantes acrescenta ainda que “conseguimos reunir essas pessoas, entendemos que era um projeto válido, temos uma ideia para o partido, acho que é uma equipa sólida, desejosa de revitalizar o partido no concelho”.

José Moreno terá como vice-presidentes João Mendes e Sónia Frade, como secretário João Morgado e como tesoureiro José Rocha. A lista tem ainda como vogais Diogo Valentim, que atualmente é o líder da concelhia, António Belém Coelho, Luís Ablú Dias, Anabela Matias, Ana Sofia Dias, Paulo Coimbra, Vítor Moura e Nuno Esteves Bento. Como suplentes entram ainda António Lopes, Pedro Coelho e Carlos Horta Ferreira. O candidato a presidente do PSD de Abrantes refere a presença de dois jovens na sua lista: João Morgado e Nuno Esteves Bento. É também, afirma, uma forma de preparar a continuidade do partido no concelho.

Para a mesa do plenário avança Elza Vitório, para a presidência, que terá a acompanhá-la José Oliveira, Ana Rico e Luís Filipe Inácio.

José Moreno apresenta a lista e os objetivos que o levam a candidatar-se à iderança do PSD em Abrantes

José Moreno acrescenta ainda que esta é uma lista que junta militantes que fazem parte da história dos últimos dez ou 20 anos do partido. Muitos deles já desempenharam funções em órgãos autárquicos, quer tenha sido na Câmara, Assembleia Municipal ou Assembleias de Freguesia.

E ao revelar os nomes dos militantes que o acompanham nesta candidatura afirma que eles constituem o valor daquilo que quer para o futuro do partido e, naturalmente, do concelho.

Integramos pessoas da anterior comissão política para que haja continuidade no trabalho, ao nível do conhecimento do que foi feito anteriormente. E vincou que o projeto deste grupo é novo embora tenha, como será natural, alguma continuidade de dirigentes.

José Moreno revela que os elementos desta lista já estão a olhar para o trabalho que aí vem, nomeadamente a preparação das autárquicas 2021. “Estamos a um ano e meio de eleições e as coisas têm de ser feitas com tempo, com rigor, com coerência. Os contactos têm de começar a ser feito. Esse planeamento está programado”, disse o candidato finalizando com a realidade que terá pela frente, se for eleito, que é começar a trabalhar as listas e a escolher pessoas para as autárquicas em Abrantes.

Refira-se que esta é a segunda lista que vai discutir a comissão concelhia do PSD em Abrantes. As eleições estão agendadas para o dia 7 de março.