Eleições: 21 forças políticas vão a votos, 15 delas em todos os círculos

Política 2019-08-29
imagens-partilhadas-0091
imagens-partilhadas-0091

Os portugueses vão ter um número de partidos recorde entre os quais escolher nas legislativas de 06 de outubro, às quais concorrem 21 forças políticas, mas apenas 15 apresentaram listas em todos os círculos eleitorais.

De acordo com os autos dos sorteios realizados nos 22 círculos eleitorais e hoje disponibilizados pela Comissão Nacional de Eleições (CNE) na sua página da Internet, haverá cinco círculos eleitorais com 21 candidaturas e outros sete com 20.

Fazem o ‘pleno’ em todos os círculos as seis forças políticas com assento parlamentar (PSD, PS, BE, CDS-PP, CDU – coligação que junta PCP e PEV - e PAN), os ‘estreantes’ em legislativas Aliança, Chega e Iniciativa Liberal, bem como o PNR, o PDR, o PCTP-MRPP, o PPM, o PTP e o Livre.

Outro estreante, o partido RIR concorre a 20 círculos, tal como o MPT. Já o PURP apresentou listas em 19 círculos, enquanto o Nós, Cidadãos! concorreu a 17.

Os partidos que concorrem a menos círculos nas legislativas são o MAS, que apenas apresentou listas em oito dos 22 círculos, e o JPP, partido que tem sede na Madeira e se candidata em dez círculos.

Os círculos com o boletim de voto mais extenso serão Braga, Coimbra, Leiria, Porto e Europa – com um total de 21 candidaturas – e Aveiro, Lisboa, Setúbal, Viana do Castelo, Viseu, Madeira e Fora da Europa, com 20 candidatos.

Em Évora, Faro, Guarda e Santarém candidatam-se 19 forças políticas, enquanto em Bragança, Castelo Branco e Portalegre serão 18 as opções à disposição dos eleitores.

Os círculos por onde se candidatam menos forças políticas são Beja, Vila Real e Açores, com 17 listas, ainda assim um número igual ao recorde de candidaturas em legislativas desde 1976, que tinha sido registado em 2011.

Há quatro anos foram 16 as forças políticas a votos nas legislativas de 04 de outubro, mas apenas 12 - dez partidos e duas coligações - concorreram aos 22 círculos eleitorais, enquanto em 2011 esse número tinha sido de 17 forças políticas, das quais dez em todos os círculos eleitorais.

Em relação à lista de partidos que consta da página da internet do Tribunal Constitucional, não se apresentam ao sufrágio de 06 de outubro três partidos: POUS, PLD e PPV, tendo este último declarado publicamente o seu apoio ao Chega.

Lusa