Pesquisar notícia
terça,
21 set 2021
PUB
Política

Constância: Vice-presidente da Câmara apresenta demissão e afirma que “já não dava mais” (C/ ÁUDIO)

25/08/2021 às 16:04
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

No passado domingo, 22 de agosto, o vice-presidente da Câmara de Constância, Jorge Pereira, apresentou a sua renúncia ao cargo como vereador.

A poucas semanas de terminar o mandato, em declarações à Antena Livre, Jorge Pereira falou de “situações que já se arrastam há algum tempo e achei que era a altura certa até porque, profissional e pessoalmente, já não dava mais. Já não conseguia mais”.

Questionado se esta decisão se deveu ao facto de ter sido excluído das listas do PS para a Câmara de Constância nas próximas eleições autárquicas, Jorge Pereira afirmou que “já havia algumas coisas com as quais eu não concordava”. No entanto, “foi a forma” como essa decisão lhe foi comunicada que não agradou ao ex-vereador. “Não fui só eu, mas nós fomos avisados a 4 de junho de que não faziam conta connosco. Para uma pessoa que anda aqui há 16 anos, é ingrato”, confessou Jorge Pereira que ainda disse “não estar nada incomodado com o fazer ou não parte [das listas], mas sim da forma como foi feito”.

A apresentação das listas dos candidatos do PS aos órgãos autárquicos em Constância teve lugar a 16 de julho e, perante a alteração na lista da Câmara, o candidato Sérgio Oliveira justificou a mudança com “um entendimento interno”.

Jorge Pereira explica que não foi uma votação unânime na Comissão Política Concelhia do PS de Constância. “Houve votos contra, portanto, quem decidiu foi o candidato e a Concelhia concordou. Mas houve votos contra, o que quer dizer que nem toda a gente estava de acordo”, afirmou.

Quanto às razões apresentadas a Jorge Pereira por Sérgio Oliveira, presidente da Câmara de Constância, “foi-me dito que eu estava desgastado... mas se eu estou desgastado, imagino o próprio presidente. Deve estar muito mais”.

Relativamente às questões em que Jorge Pereira disse não estar de acordo, o ex-vereador não admitiu estar contra decisões do presidente da Câmara de Constância, disse apenas que “não quero entrar por aí”.

Depois de ter liderado a Junta de Freguesia de Montalvo e de ter integrado o último Executivo na Câmara de Montalvo, após 16 anos dedicados à política concelhia, Jorge Pereira vai voltar “ao meu local de trabalho, que será já segunda-feira”.

“Vou afastar-me de vez destas coisas”, afirmou, referindo-se à intervenção política e explicando ter-se demitido em junho da Comissão Política Concelhia.

Na segunda-feira, 23 de agosto, o presidente da Autarquia, Sérgio Oliveira, designou como vice-presidente a vereadora Filipa Montalvo. Jorge Pereira será substituído por Ana Paula Basílio que tomará posse como vereadora na próxima reunião de Câmara, ou seja, esta quinta-feira, 26 de agosto.

Nas listas do PS à Câmara de Constância, para além de Jorge Pereira, também a agora vice-presidente Filipa Montalvo foi afastada da corrida às próximas eleições autárquicas.

Declarações de Jorge Pereira à Antena Livre