Pesquisar notícia
domingo,
26 set 2021
PUB
Política

Autárquicas/ Vila de Rei: Enfermeira Isilda Silva concorre à Câmara pela CDU

11/08/2021 às 08:34
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A enfermeira Isilda Silva, 47 anos, é a candidata da Coligação Democrática Unitária (CDU) à Câmara Municipal de Vila de Rei, prometendo apresentar propostas para a fixação de jovens no concelho.

“Vila de Rei é um concelho com muitas potencialidades, mas infelizmente não têm sido aproveitadas. Continuamos a perder população, principalmente jovens, e a nossa candidatura surge para tentar inverter esta situação”, disse à Lusa a candidata da CDU.

Segundo Isilda Silva, a equipa da CDU (coligação que junta o PCP e o PEV) quer “transformar Vila de Rei num concelho onde os jovens se fixem, onde os adultos possam trabalhar e onde os mais idosos encontrem segurança, apoio e luta contra a solidão”, num programa e projeto eleitoral assente num “desenvolvimento de forma sustentável e integrado, respeitando as pessoas e a natureza”.

Com o lema ‘Desenvolvimento sustentável e compromisso com as pessoas’, os pontos centrais da candidatura passam por “fomentar a agricultura familiar”, por “projetos de reflorestação envolvendo a população, nomeadamente os pequenos proprietários”, por “apoios aos produtores de produtos endógenos”, por “combater a iliteracia informática” e pela “aposta na cultura” e em “projetos de turismo sustentável”.

Como pontos negativos em Vila de Rei, Isilda Silva apontou a “desertificação, os empregos precários e com baixos salários”, a “aposta em empresas com pouca competitividade a nível nacional, e muitas sem respeito pelos direitos dos trabalhadores”, o “pouco interesse no fomento dos produtos endógenos” e o “muito pouco apoio à cultura”.

Nesse sentido, notou, a CDU “é uma força que se distingue por, para lá da mera soma de propostas e ideias, ter projeto, assumindo a participação como um fator essencial de uma gestão democrática” e “assegurando o envolvimento efetivo das populações na definição das principais opções da política autárquica”.

Uma “dimensão democrática”, concluiu, “expressa quer no domínio de planeamento, quer no desenvolvimento dos seus projetos socioculturais, educativos e desportivos, ou ainda na aferição e escrutínio públicos do seu trabalho com o prestar de contas dos seus compromissos”.

Isilda Cristina Laranjeira da Silva, 47 anos, militante do PCP, é enfermeira no Centro Hospitalar do Médio Tejo, sendo natural de Fundada, freguesia do município de Vila de Rei, onde reside.

Com licenciatura em Enfermagem, uma pós graduação em Dor/Cuidados Paliativos e mestrado em Gestão e Economia da Saúde, a candidata da CDU teve entre os anos 2002 e 2018 participação nos órgãos sociais da Liga Cultural Amigos do Vilar do Ruivo e concorre a eleições autárquicas no concelho de Vila de Rei desde 2001.

A CDU concorre à Assembleia Municipal de Vila de Rei com Carlos Manuel Rosa Almeida, médico, 69 anos, e a duas das três freguesias do concelho, com Horácio Mendes e Alfredo Gaspar, ambos aposentados, a apresentarem-se como cabeças de lista às Assembleias de Freguesia de Fundada e de Vila de Rei, respetivamente,

Além de Isilda da Silva, pela CDU, concorrem à Câmara Municipal de Vila de Rei mais dois partidos. Ricardo Aires, atual presidente, pelo PSD, e Luís Santos, atual vereador, pelo PS.

Nas eleições de 2017, o PSD conquistou quatro mandatos e o PS elegeu um vereador.

As eleições autárquicas deste ano estão agendadas para dia 26 de setembro.

Lusa