Pesquisar notícia
domingo,
26 set 2021
PUB
Política

Autárquicas/ Constância: Francisco Morgado concorre pelo Chega “para fixar pessoas”

16/08/2021 às 18:55
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O perito técnico do setor automóvel Francisco Morgado, 79 anos, é o candidato do Chega à presidência da Câmara Municipal de Constância, defendendo uma aposta nas empresas, na formação e na captação de investimento para criar emprego e fixar pessoas.

“Desenvolver Constância tem vários caminhos, em nosso entender, sendo que, geograficamente, a localização junto à A23 e com duas saídas coloca o concelho numa posição privilegiada para captação de mais investimento e, consequentemente, emprego e fixação de populações”, disse hoje à Lusa Francisco Morgado.

Notando a importância de investir na formação e em “mão de obra qualificada”, o candidato do Chega defendeu a criação de uma rede de transportes intermunicipal e de polos de escolas de formação profissional.

“Os empresários de turismo queixam-se de falta de mão de obra qualificada, tantas vezes existente nos concelhos limítrofes, mas economicamente inviável para os trabalhadores por falta de transportes públicos que sirvam a vila”, notou.

No caso das escolas profissionais, para se obter a formação correspondente às necessidades dos empresários, devem ser aproveitados, no seu entender, fundos comunitários.

Com o lema “Chega + o melhor para Constância!”, Francisco Morgado quer “potenciar a fixação de populações e incentivar os jovens a vir viver para o concelho” (distrito de Santarém) desenvolvendo “ações económico-financeiras ao nível dos impostos e taxas municipais”, e aproveitar a geografia e a história da vila para “incentivar o turismo, doando ‘vouchers’ para consumo nas empresas, integrando valências, como o rio, a paisagem envolvente”.

Francisco Morgado, natural de Constância, concorre pelo Chega como independente, depois de ter exercido o cargo de vereador na Câmara Municipal de Constância eleito pelo PSD.

“Sempre tive uma ligação à minha terra e, direta ou indiretamente, sempre contribuí dentro das minhas possibilidades para ajudar no que me fosse possível. Fui vereador em 1994-1998 e depois disso mantive-me atento ao que acontecia em Constância”, afirmou.

Questionado a quais órgãos autárquicos concorre o Chega em Constância, Francisco Morgado disse que o partido “concorre apenas à Câmara” Municipal: “Sentimos que existe um medo objetivo das pessoas. Apesar de se identificarem com o projeto do partido, têm medo de dar a cara. Assim, teremos de demonstrar o que valemos pela forma mais difícil”, concluiu.

Além de Francisco Morgado, foram anunciados quatro candidatos em Constância: Sérgio Oliveira, atual presidente, recandidata-se pelo PS, Manuel Lapa concorre pelo PSD, Manuela Arsénio pela CDU e José Morgado é o cabeça de lista do CDS-PP.

Nas anteriores autárquicas, em Constância, o PS elegeu três elementos para o executivo e a CDU dois vereadores.

As eleições autárquicas estão agendadas para o dia 26 de setembro.

Lusa